NÃO-ME-TOQUE – Escola de Vista Alegre comemora 100 anos

Uma festa regada a emoção e muita alegria marcou a comemoração dos 100 anos da Escola Municipal de Ensino Fundamental Espírito Santo, do distrito de Vista Alegre, Colorado. O evento, na noite de sábado (14), reuniu pais, estudantes, professores e diretores que fizeram parte dessa história.

Alguns vieram de longe para prestigiar a programação, como Odete de Lourdes Aliati da Silva, que foi professora entre 1980 e 1985. “É um misto de alegria, emoção e orgulho, porque estou relembrando o que vivi na escola e revendo alunos e colegas que há muito eu não encontrava”, disse.

Para Belmira Lava, designada a primeira diretora, em 1980, e que também trabalhou como professora, o momento foi de muitas lembranças. Ela mora até hoje em Vista Alegre e aproveitou para rever alunos como Mara Lúcia Bellaver, que hoje mora em Carazinho e pôde abraçar a antiga professora. “Há oito anos eu não vinha para Vista Alegre. Foi muito bom”, afirmou Mara.

Odete, Belmira e Mara foram homenageadas, junto com os demais diretores, professores, alunos e serventes que ajudaram a escola a chegar aos 100 anos. A noite foi de homenagem também para os professores e serventes atuais da escola. A programação envolveu ainda apresentação de dança pelos alunos, entrega dos prêmios aos vencedores dos concursos de paródia e de charge desenvolvidos ao longo do ano em comemoração aos 100 anos da escola e apresentação de vídeo resgatando a história centenária.

Emocionada, a diretora Natalina Zanotto Sebastiani agradeceu o empenho de pais, professores e alunos e o auxílio da comunidade e das instituições locais. “Só conseguimos êxito no nosso evento pelo trabalho conjunto e todos estão de parabéns”, elogiou.

A COTRIJAL – Colaboradores das unidades Cotrijal de Colorado e Vista Alegre prestigiaram a programação. Muitos deles inclusive foram alunos da escola. O gerente da unidade de Vista Alegre, Josmar Diefenthaeler, parabenizou a equipe que organizou o evento e disse que a cooperativa tem orgulho de estar presente em uma comunidade que preserva sua história.

O presidente do Círculo de Pais e Mestres, Alisson Paulineli da Rosa, disse que valeu a pena todo o esforço e agradeceu o auxílio da Cotrijal para a concretização das comemorações. “A cooperativa é sempre parceira da escola e ficamos felizes por poder conta com esse apoio”.

(Assessoria de Comunicação da Cotrijal)

Compartilhe: