NÃO-ME-TOQUE – Cotrijal é maioria entre os campeões em produtividade de soja

Dos 19 cases dos campeões municipais do Desafio Nacional de Máxima Produtividade de Soja no Rio Grande do Sul – Safra 2013/2014 – apresentados pelo Comitê Estratégico Soja Brasil (CESB) e Cotrijal durante fórum realizado nesta quinta-feira,17/07, no Parque da Expodireto Cotrijal, em Não-Me-Toque, 14 são produtores associados da Cotrijal.

“É um indicador que reforça que a Cotrijal está no caminho certo e com a estratégia certa. De fazer mais, fazer melhor e fazer diferente”, comemora o superintendente de Produção Agropecuária, Gelson Melo de Lima.

“Isso mostra a importância que tem a assistência técnica junto ao quadro de associados”, enfatiza o presidente da Cotrijal, Nei César Mânica.

“É muito bom ter a Cotrijal como parceira desse evento. É uma cooperativa que leva os desafios a sério. O resultado não poderia ter sido melhor”, destaca o diretor executivo do CESB, Alexandre Abbud.

Além de apresentar os cases vencedores, o Fórum mostrou aos participantes as estratégias e tecnologias bem-sucedidas empregadas para as lavouras alcançarem a máxima produtividade de soja.

Homenagens

Os Campeões Municipais e Estaduais de Produtividade de Soja do Rio Grande do Sul, e também os campeões da Cotrijal, receberam certificado e foram homenageados com uma placa em reconhecimento a importante participação e desempenho em um evento de caráter nacional que visa uma nova realidade para a cultura da soja.

A ideia do projeto é alcançar patamares superiores a 100 sacos por hectare. “O que é possível. Mesmo em ano de seca, algumas áreas da Cotrijal colheram quase 90 sacos por hectare. Praticamente o dobro da média no Estado, que não chega a 50 sacos por hectare”, ressalta o gerente de Produção Vegetal, Silvio Biasuz.

Neste ano, o CESB Cotrijal atraiu a participação de 130 produtores, envolveu 39 técnicos e as 14 unidades da cooperativa. Ao todo, foram 142 as áreas inscritas e 89 as áreas colhidas.

Os campeões

O vencedor do CESB Cotrijal 2014, concurso promovido pela cooperativa, foi a Agropecuária Mattei, de Tapera, que mesmo em ano de seca chegou a volumes de produção de soja em área não irrigada de 84,58 sacos por hectare. A colheita ocorreu em 100% da área de cinco hectares inscrita.

O técnico da cooperativa Givago Souza Borghetti, que assiste propriedade, também obteve recorde de produtividade em nível estadual em área irrigada do produtor Osmar Reimann, de Cruz Alta. Lá, a colheita chegou a 94,90 sacos por hectare.

“Além da escolha da área, foi dada uma atenção especial a parte genética, um melhor arranjo de plantas e, principalmente manejo preventivo. Fazendo as coisas no momento certo para extrair o melhor benefício do que se está utilizando na lavoura”, adianta Givago.

O campeão gaúcho é Vitor Baseggio, de Erechim, que teve colheita de mais de cem sacos por hectare, em área de sequeiro. Ele também foi o melhor em nível municipal, na classificação geral dos produtores participantes do Desafio do CESB. Em Não-Me-Toque, quem se destacou foi o produtor Clóvis Fernando Birk. O associado da Cotrijal colheu 80,3 sacos por hectare, em área de alta produtividade.

Estratégias – O membro do CESB e professor da Universidade Federal de Santa Maria (UFSM), Ricardo Balardin, apresentou dados sobre os produtores campeões.

“Produzir é uma arte. O que a gente observa é que os campeões tiveram o cuidado de trabalhar o perfil do solo em profundidade e se preocuparam com o enraizamento”, ressaltou.

A programação abriu ainda espaço para debate com profissionais e pesquisadores da área que abordaram temas relacionados à produção de soja no Brasil e quais fatores e estratégias contribuíram para as altas produtividades apresentadas nos cases dos vencedores.

Novo desafio – Interessados em participar do próximo Desafio do CESB precisam ficar atentos ao período de inscrição que vai de 11 de agosto de 2014 a 15 de janeiro de 2015. Mas informações no site www.cesbrasil.org.br .

Campeão do Estado do RS – (Não irrigada)
Produtor: Vitor Baseggio (Erechim) – 108 sc/há

Campeão do Estado do RS – (Irrigada)
Produtor: Osmar Reimann (Cruz Alta) – 94.9 sc/há

Campeão CESB COTRIJAL/2014 – (Irrigada)
Fazenda Reimann
Proprietários: Osmar Adir Reimann e Zeca Noronha – Cruz Alta – média: 94.90 sc/ha

Campeões CESB COTRIAJL / 2014 (Não irrigada)
1º Agropecuária Mattei
Proprietário: Dalseu, Joel e Jardel Mattei – Lagoa dos Três Cantos – média: 84.58 sc/ha

2º Granja Knop
Proprietário: Zenaide Maria Knop – Carazinho – média 84,19 sc/há

3º Agropecuária Irmãos Roveda
Proprietário: Irineu Roveda – Colorado – média: Colorado 82,71 sc/há

4º Agrícola Bottega
Proprietário: João Carlos Botega – Saldanha Marinho – média: 82,29 sc/há

5º Fazenda Capão Bonito – 10
Proprietário: Juliano Michelini – Colorado – média: 81,96 sc/há

6ºFazenda Heckler
Proprietário: André Luiz Heckler – Victor Graeff – média: 80,33 sc/há

7ºClóvis Fernando Birk
Proprietário: Clóvis Fernando Birk – Não-Me-Toque – média: 80,28 sc/há

8º Fazenda Pinheiros
Proprietário: Alexandre Bortolin Sartori – Almirante Tamandaré do Sul – média: 79,88 sc/há

9º Agropecuária N.H
Proprietário: Markus Gustavo Schmiedt – Não-Me-Toque – média: 77,94 sc/há

10º Agrícola Machado
Proprietário: Leoder da Silva Machado – Tio Hugo – média 77,77 sc/há

11º Kroessin
Proprietário: Sérgio Kroessin – Santo Antônio do Planalto – média: 76,56 sc/há.

(Assessoria de Comunicação da Cotrijal)

Compartilhe: