NÃO-ME-TOQUE – Cotrijal apresenta balanço 2015 aos associados

A Cotrijal iniciou nesta terça-feira (26) as reuniões de núcleo 2016, para apresentar o resultado do balanço do último ano. O clima é de satisfação entre os associados. A percepção é de que a Cotrijal continua fiel aos princípios que regem o cooperativismo, primando pela transparência das suas ações e buscando garantir a segurança da cooperativa e do produtor.

Os números recordes de faturamento e sobras de balanço, as melhorias em várias áreas, tanto de infraestrutura quanto de serviços, são alguns dos motivos que fazem Ildolar José Goedel, de Ernestina, associado desde 1984, afirmar: “É 10 o trabalho da Cotrijal. Para nós melhorou muito no último ano com o investimento na nossa unidade”. Ele participou da reunião do núcleo de Ernestina, na tarde desta terça-feira (26). “É uma cooperativa sólida, séria e competente”, ponderou o produtor Leonísio Henn, de Tapera, sócio desde 2002, durante a reunião do núcleo de Lagoa dos Três Cantos, terça-feira à noite (26).

Para o presidente da Cotrijal, Nei César Mânica, a fidelidade do quadro social, o trabalho conjunto dos produtores, colaboradores e fornecedores e o controle dos custos administrativos, foram os principais fatores que levaram a cooperativa a registrar o melhor resultado da história. O faturamento alcançou R$ 1,351 bilhão e as sobras colocadas à disposição da assembleia chegaram a R$ 10,895 milhões. Em 2014, o faturamento foi de R$ 1,037 bilhão e as sobras, R$ 5,103 milhões.

Em 2016, como a expectativa é de que a situação econômica do Brasil continue instável, Nei César Mânica já antecipou que haverá uma redução no volume de investimentos em relação aos anos anteriores, mas garantiu que serão feitas todas as melhorias necessárias nas unidades para bem atender o produtor. “Fizemos um grande investimento na nova Unidade de Beneficiamento de Sementes e agora vamos seguir com os pés no chão, subindo um degrau de cada vez. Essa é a forma da Cotrijal trabalhar e que tem permitido à cooperativa se manter sólida e garantir segurança ao seu produtor, mesmo em momentos de dificuldade como este que o país atravessa”, afirmou.

AS REUNIÕES – Realizadas anualmente entre os meses de janeiro e fevereiro, reunindo os associados e familiares dos 15 núcleos da cooperativa, as reuniões têm o objetivo de discutir antecipadamente os assuntos que serão levados à Assembleia Geral Ordinária. Nesses encontros, os associados tomam conhecimento das ações realizadas pela diretoria, avaliam os resultados da gestão e dão encaminhamento a definições sobre temas como destinação das sobras à disposição da assembleia e eleições dos cargos que estejam vencendo. Neste ano, estão em vencimento o cargo do presidente e também de 1/3 dos membros do Conselho de Administração.

Fique atento às datas!
Janeiro
Na sexta (29/01) – 8h – núcleo de Carazinho, na unidade Glória

Fevereiro
1º/02 – 10h – núcleo de Victor Graeff, no pavilhão evangélico, envolvendo as comunidades de Linha Glória, Linha Jacuí, Posse Cerrito, São Pedro do Cerrito, São José do Umbú e Victor Graeff
1º/02 – 14h – núcleo de Tio Hugo, no pavilhão São Cristóvão, envolvendo as comunidades de Polígono do Erval, Posse Müller
1º/02 – 20h – núcleo de Saldanha Marinho, no pavilhão católico, envolvendo as comunidades de Saldanha Marinho e Pinheiro Marcado
02/02 – 14h – núcleo de Não-Me-Toque, no Restaurante do Parque da Expodireto Cotrijal, envolvendo as comunidades de Arroio Bonito, Bom Sucesso, Colônia Saudades, Colônia Vargas, Costa do Colorado, Invernadinha, Linha Gramado, Linha São Paulo, Mantiqueira, Não-Me-Toque, Posse São Miguel, São João do Gramado, São José do Centro, São Roque/Flamengo e Vila Conceição
02/02 – 20h – núcleo de Colorado, no salão de festas do Centro Social e Esportivo, envolvendo as comunidades de Arroio das Pacas, Colorado, Córrego Branco, Linha Coati, Passo do Padre, Linha Garibaldi, Nova Trípoli, Paquinhas e Posse do Barreiro
04/02 – 10h – núcleo de Santo Antônio do Planalto, no pavilhão católico, envolvendo as comunidades de Faxinal/Barro Preto, Rincão Doce, São José da Glória e Santo Antônio do Planalto
04/02 – 20h – núcleo de Vista Alegre, no pavilhão da comunidade, envolvendo as comunidades de Arroio das Almas, Cachoeirinha, Linha Carolina, Santa Rita e Vista Alegre
05/02 – 10h – núcleo de Almirante Tamandaré do Sul, no ginásio São João Batista
05/02 – 14h – núcleo de Igrejinha/Coqueiros do Sul, no pavilhão da Sociedade de Cantores Niegedacht
05/02 – 20h – núcleo de Nicolau Vergueiro, no Clube 25 de Julho
11/02 – núcleo de Passo Fundo
12/02 – 9h – reunião geral da liderança, no Parque da Expodireto Cotrijal
19/02 – 14h – assembleia geral ordinária, no Parque da Expodireto Cotrijal

(Assessoria de Imprensa Cotrijal)

Compartilhe: