NÃO-ME-TOQUE – Cotrijal alerta: com defensivo agrícola não se brinca

Fazer o uso racional e seguro de defensivos agrícolas com base na legislação e dar a destinação correta das embalagens vazias é tarefa do todo o produtor associado da Cotrijal. O compromisso da cooperativa com o meio ambiente vai desde a venda dos produtos, passa pelos galpões e lavouras. As ações foram evidenciadas durante a visita de fiscais agropecuários da Secretaria Estadual de Agricultura, Pecuária e Irrigação (Seapi) à cooperativa.

“A Cotrijal desenvolve um trabalho sério e consegue mobilizar os associados para a importância de seguir a legislação. Cumpre o seu papel, auxilia na preservação do meio ambiente e da vida dessas pessoas”, comentou o engenheiro agrônomo e fiscal da Seapi, Tadeu Luis Tiecher, que esteve em Não-Me-Toque, acompanhado da fiscal Gracieli Manfrin da Silva.

A orientação dos fiscais é para que os produtores sigam rigorosamente as recomendações quanto ao uso correto de defensivos agrícolas com procedência para um trabalho seguro na lavoura. “Orientamos quanto à aplicação e o manuseio correto desses produtos. Se o produto for contrabandeado ou sem procedência, o caso é encaminhado para a Polícia Federal e para o Ministério Público, e o produtor responderá criminalmente”, frisa.

Para não ter problemas, no caso de uma visita dos fiscais, é recomendado o produtor ter sempre a mão o receituário agronômico e as notas fiscais de compra de defensivos agrícolas. “Será através da nota fiscal que ele comprovará que adquiriu o produto de forma legal”, explica Tadeu Luis Tiecher. Os documentos precisam ser guardados pelo período de dois anos. Nas visitas às propriedades são avaliadas também as condições de galpões e depósitos.

O trabalho de fiscalização e conscientização da Seapi é desenvolvido em três frentes: prestadores de serviços (aviação agrícola e tratamento de sementes), comércio (empresas, cooperativas) e propriedades rurais.

Denúncias
O setor regional de fiscalização da Seapi está sediado em Cruz Alta e atua em 19 municípios da região. Mais informações e denúncias podem ser encaminhadas pelo telefone (55) 3322-8444.

Ação na Expodireto
Com o objetivo de aproximar cada vez mais essas informações dos produtores rurais, a Cotrijal e a Seapi levarão para a 17ª Expodireto Cotrijal orientações e os cuidados para uma melhor utilização dos defensivos agrícolas.

Segundo a bióloga e coordenadora de meio ambiente da Cotrijal, Deisi Sebastiani Nicolao, a parceria servirá para reforçar projetos desenvolvidos pela cooperativa como o Escola no Campo e o calendário de recebimento de embalagens vazias. “A intenção é dar mais visibilidade aos projetos. Se cada um fazer a sua parte de forma correta, teremos uma agricultura e um meio ambiente saudável”, conclui.

(Assessoria de Comunicação da Cotrijal)

Compartilhe: