Money – DIÁLOGO ESPÍRITA

Quanto à sua origem, vejamos o que nos informa o escritor e antropólogo norte-americano Jack Weatherd em seu livro intitulado “A História do dinheiro”: o dinheiro nasceu há aproximadamente 3.000 anos, na Lídia (Ásia Menor), e, em sua longa trajetória, das conchas passou para o sal, moeda e papel, antes de chegar ao cartão ou à senha.

O seu fascínio induz bilhões de pessoas, diariamente, em todo o mundo, a pensarem muito mais nele do que no Deus de suas religiões.

Pela ambição do que podem adquirir com ele, não raro, corrompem-se políticos, religiosos, cientistas e militares, juízes e advogados, empresários, desportistas, artistas e serviçais.

Na obra “O Fim da Escuridão” do Espírito Ângelo Inácio, pela psicografia do médium Robson Pinheiro, na transformação da Terra de mundo de Provas e Expiações para mundo de Regeneração, nos trás este relato:

“Crises sociais impulsionarão o povo a agir, derrubando ditadores, governos e regimes totalitários e anti-humanitários. Guerras civis e motins varrerão muitos países, principalmente na Europa e na América do Norte, expressando a indignação e a revolta popular contra os abusos financeiros e as medidas extremas tomadas pelos governos”.

“Nova Iorque jamais se recuperará dos golpes certeiros que irão derrubá-la… aqueles que se enredaram em seu comércio, em sua pompa e chafurdaram no brilho do ouro, representado pela bolsa de valores e seu sistema financeiro, cairão como a estrela de absinto”.

“Será imperativo para os habitantes da Terra assumir a crise em que se verão mergulhados, e assim modificar seus hábitos, tais como gastos irresponsáveis e o emprego indevido da força do dinheiro e da negociação”.

A riqueza é criação de Deus que deve ser usado para o Bem. O problema é seu mau uso.

Sociedade Espírita Raios de Luz

Compartilhe: