Ministério da Saúde estuda reduzir isolamento de pessoas com Covid para cinco dias

Postado em 10 janeiro 2022 08:17 por jeacontece
15.292.411/0001-75

O Brasil estuda reduzir o prazo de quarentena de casos positivos assintomáticos de Covid-19, da variante Ômicron, de 10 para 5 dias, informou o ministro da Saúde, Marcelo Queiroga. Ele também afirmou que a pasta analisa a possibilidade de permitir que servidores da saúde que tiveram diagnóstico positivo para a variante, mas que também não apresentem sintomas, possam fazer parte da linha de frente no atendimento aos pacientes com coronavírus.

Queiroga afirmou que deve se reunir nesta sexta-feira (7) com os chefes da Secovid (Secretaria Extraordinária de Enfrentamento à Covid-19) e da Secretaria de Vigilância Sanitária para avaliar os dois casos.

“Se eu não me engano, o CDC [Centros de Controle e Prevenção de Doenças, dos Estados Unidos] já deu essa recomendação [reduzir o isolamento dos pacientes assintomáticos com Ômicron]. O governo francês está, inclusive, autorizando profissionais de saúde que estão positivos a atender na linha de frente, por conta do número de casos. Então, isso está sendo analisado.”

Queiroga disse que há relatos na comunidade científica sobre a segurança de se adotar a redução da quarentena e a colocação de servidores assintomáticos no atendimento direto aos pacientes com Covid. As situações devem ser analisadas em conjunto com o corpo técnico do ministério antes de serem adotadas.

Fonte: R7

Postado em 10 janeiro 2022 08:17 por jeacontece
15.292.411/0001-75

NOTÍCIAS RELACIONADAS


TAPERA TEMPO

Desenvolvido com 💜 por Life is a Loop