Ministério da Saúde antecipará vacinação contra gripe A

O Ministério da Saúde revelou nesta terça-feira, em reunião de técnicos com sociedades de medicina especializada em Brasília, a primeira versão da estratégia de combate à gripe A de 2013. O encontro foi chamado com urgência na segunda-feira.

As principais demandas dos estados do sul mais São Paulo, sintetizadas pelos conselhos regionais, foram atendidas. O número de vacinas pula de 36,9 milhões para 45 milhões, o começo da campanha será na primeira quinzena de abril, saindo da segunda quinzena de maio como foi em 2012, e o receituário do Tamiflu será ainda mais liberalizado. Além de antecipar a campanha, o ministério deve torná-la mais curta e intensa.

O objetivo é que diminua o número de mortes por gripe A, que chegou a 67 no Rio Grande do Sul neste ano.

A imunização não será aberta a toda a população, mantido o esquema de grupos de risco. Os critérios para definir quais doentes crônicos poderão tomar a vacina já estão sendo rediscutidos.

Foram descartadas modificações regionalizadas no combate à doença no sul do país em relação ao norte e nordeste, com base na diferença dos fatores climáticos – todo o país terá a mesma campanha.

Clicrbs

Compartilhe: