Meu jeito de ser brasileiro

Postado em 06 setembro 2014 07:50 por jeacontece
15.292.411/0001-75

O artigo abaixo é de autoria do aluno Marcos Henrique Hübner, do 3º ano Ensino Médio Politécnico do Instituto Imaculada de Tapera. O trabalho foi realizado a partir de leituras de textos sobre a realidade brasileira, nas aulas de História, coordenados pela professora Neusa Roos Campeol.

MEU JEITO DE SER BRASILEIRO

País que leva o nome da árvore. Árvore essa, símbolo de toda a exploração que já sofreu. País considerado emergente, melhorando patamares em âmbito internacional. Mas que ao mesmo tempo contrasta com índices de qualidade de vida baixos de uma considerável parcela da população. Estaríamos nós de mãos atadas em meio a esse paradigma?

Todos temos conhecimento da atual situação brasileira. Somos saturados pela mídia com as deficiências nos sistemas de saúde, educação e segurança. Sabemos que isso pé uma realidade. E nos indignamos quando percebemos que nossos políticos parecem estar cegos quanto a tudo isso. Todavia, o Brasil se constrói e avança na perspectiva de cada brasileiro de alcançar seus sonhos e objetivos, não parando pelos fatos angustiantes que se depara diariamente.

Particularmente, enxergo o jeito brasileiro de ser naqueles que exibem sua perseverança e dedicação. Dedicação de acordar cedo para mais um dia de trabalho ou para mais uma dia de escola. Dedicação de produtores rurais que põem milhares de mesas, e de pais responsáveis que não deixam faltar nada a seus filhos. Dedicação tamanha de saber valorizar as oportunidades diárias, ao invés de reclamações repetitivas sobre o próprio país.

Não temos o melhor IDH do mundo, mas nem por isso devemos “chutar o balde”. Quem sabe, cada brasileiro já tenha o seu “jeito brasileiro de ser”. Basta apenas, agora, ajeitar o Brasil a partir dele.

Marcos Henrique Hübner
3º ano Ensino Médio

Postado em 06 setembro 2014 07:50 por jeacontece
15.292.411/0001-75

NOTÍCIAS RELACIONADAS


TAPERA TEMPO

Desenvolvido com 💜 por Life is a Loop