Marasca é premiada no 40° Prêmio Exportação

CRUZ ALTA – Em cerimônia realizada na noite de segunda-feira (25), o diretor-proprietário da Marasca Comércio de Cereais Ltda, Vitor Bento Marasca, representou os demais diretores e colaboradores da empresa, recebendo o troféu Prêmio Exportação ADVB 2012, pelo destaque na empresa no quesito Dinamismo Exportador. A cerimônia contou com a participação de 500 convidados, entre agraciados e autoridades, nas dependências do Bourbon Country, em Porto Alegre.

O forte trabalho realizado pela Marasca para o fortalecimento da agricultura no Rio Grande do Sul é importar e exportar soja, milho e trigo, fertilizantes, defensivos, insumos agrícolas em geral, além do beneficiamento de cereais, produzir sementes, fabricar e comercializar rações balanceadas para animais e posto de recebimento de leite.

A soja, o milho e o trigo, produtos vendidos a preços compatíveis com o mercado internacional, dão condição de elevar o Rio Grande do Sul de maior importador para maior exportador de trigo. Com exportações para Argélia, Quênia, Marrocos, África do Sul, Djibouti e Irã.

Com um cenário para as empresas exportadoras otimistas e de competitividade, a Marasca acredita que quem possuir melhor habilidade dentro de sua atividade irá se destacar. Evoluindo neste segmento, investe-se constantemente em melhorias na infraestrutura, ampliação de unidades, para aumentar a capacidade de armazenagem e aposta no desenvolvimento técnico e humano.

A empresa possui 345 colaboradores e tem previsão de faturamento de R$ 600 milhões em 2012. Com sua matriz em Cruz Alta, a empresa é distribuída pelo Estado em 27 Unidades. Procurando praticar um humanismo sadio, onde o econômico e o social caminham juntos, a Marasca Comércio de Cereais Ltda sente-se uma organização promotora do desenvolvimento econômico e geradora de bem-estar social, colaborando para tornar o mundo melhor e para dar à vida a outra dimensão, certos de que estamos nesse mundo para dividir e promover o bem entre todos.

Para o diretor Vitor Bento Marasca, este título só vem a somar as conquistas no ramo empresarial e vem mostrar o papel da empresa no mercado. “Temos a sensação de dever cumprido. Poder participar deste marco histórico que eleva nosso Estado nos gratifica e dá a certeza de que os frutos do plantio diário estão sendo colhidos com muito profissionalismo, dedicação e credibilidade”, salientou ele.

Esta premiação ratifica, mais uma vez, a posição de destaque da Marasca no setor agrícola mostrando a credibilidade com vem conquistando o mercado.

(Jornalista Franciéle Picinin – Assessoria de Comunicação Marasca Cereais)

Compartilhe: