Mãe pode pegar prisão perpétua por colar mãos de filha em parede

Elizabeth Escalona, uma texana que admitiu ter agredido sua filha de 2 anos e colado as mãos da criança em uma parede, aguarda sentença. Escalona declarou-se culpada de ferir a filha em 12 de julho. A mulher de 23 anos deve ser sentenciada ainda nesta segunda-feira, podendo ser condenada à prisão perpétua.

A criança ficou dois dias em coma depois da agressão, que ocorreu no dia 7 de setembro de 2011 na cidade de Dallas. Um médico afirmou que a menina sofreu um trauma cerebral significativo e sangramento dentro do crânio. Desde o incidente, a menina e seus dois irmãos estão sob custódia do Estado.

Os irmãos da menina disseram à polícia que a mãe chutou a irmã na barriga repetidamente e então a agrediu com diversos objetos antes de colar as mãos da filha à uma parede. A criança ficou internada no hospital por uma semana. Segundo a polícia, a mãe estava muito irritada ao tentar ensinar a filha a usar o banheiro.

AP

Compartilhe: