MA: professora que fotografou escola alagada tem demissão suspensa

A professora que fotografou e divulgou as imagens de estudantes tendo aulas em uma sala alagada no município de Imperatriz, no Maranhão, teve a demissão suspensa nesta quarta-feira. De acordo com a assessoria da prefeitura da cidade, a decisão partiu do próprio prefeito reeleito da cidade, Sebastião Madeira, após a repercussão do caso.

Uiliene Araújo Santa Rosa, que lecionava no Colégio Municipalizado Guilherme Dourado, publicou no dia 12 de outubro fotos que mostravam alunos usando guarda-chuvas enquanto faziam prova dentro da sala de aula. O conteúdo ainda mostrava o piso do local alagado. Segundo uma publicação feita por Uiliene na quinta-feira em seu perfil no site de relacionamento, ela disse que inicialmente divulgou as imagens sem identificar a instituição de ensino, para preservar os alunos.

No entanto, no mesmo post ela afirma que “depois da denúncia varreram até em cima da escola e colocaram ‘telhas de vidro’ no local dos buracos e ainda ameaçaram os alunos que compartilharam com expulsão da escola”. Também contou a que a diretora do colégio, Ivone Carvalho Milhomem, a afastou do cargo, a colocando à disposição da secretaria de Educação do município, que então teria feito a recisão de contrato.

Ontem foi feita uma reunião na Câmara de Vereadores da cidade para tratar do caso. Os parlamentares aprovaram um pedido de explicação por parte do prefeito sobre a decisão de demitir a professora. O gestor terá um prazo de 30 dias para se manifestar.

O Terra entrou em contato com Uiliene e também com a Secretaria Municipal de Educação de Imperatriz, mas ainda não obteve retorno de nenhum das partes.

Terra

Compartilhe: