Lideranças definirão prioridades de votação no Senado antes do recesso

Com os trabalhos da CPMI do Cachoeira e as atividades da Conferência das Nações Unidas sobre o Desenvolvimento Sustentável Rio + 20, houve redução do quorum no plenário do Senado novamente nesta semana. Dirigentes da FENAJ trabalham com a perspectiva da votação da PEC dos Jornalistas em 2º turno para o final do mês de junho, pois há previsão de presença mais expressiva de parlamentares no Senado neste período.

Em contato mantido com os diretores da FENAJ Antônio Paulo da Silva e José Carlos Torves, o líder do governo no Senado, Senador Eduardo Braga (PMDB/AM), apontou a perspectiva de votação da PEC 33/09 para o período posterior à realização da Rio + 20 e antes do recesso parlamentar de julho. “Ele nos disse que a PEC dos Jornalistas é uma das 3 prioridades de votação antes do recesso”, revela Torves.

Em reunião de lideres do Senado nesta semana, ficou definido que as sessões do plenário de 18 a 22 de junho não terão caráter deliberativo, uma vez que muitos senadores participarão da Primeira Cúpula Mundial dos Legisladores, que integra a programação da Rio + 20. Na reunião ficou definido, também, que as lideranças elegeriam as prioridades de votação antes do recesso, para assegurar quorum no plenário.

“As movimentações desta semana, as definições da reunião de líderes e mesmo o contato que mantivemos anteriormente com o presidente do Senado são indicativos fortes de que as votações serão retomadas a partir do dia 26”, diz o presidente da FENAJ, Celso Schröder.

A Executiva da FENAJ define, no início da próxima semana, as ações a serem desenvolvidas para garantir a votação da PEC dos Jornalistas em 2º turno.

FENAJ

Compartilhe: