Legislativo taperense se reuniu à noite passada

À noite passada, o legislativo taperense realizou mais uma sessão ordinária. A mesma, presidida pelo vereador Luiz Carlos dos Santos, teve inicio às 19h e foi extensa em função da pauta.

Os vereadores analisaram e aprovaram seis projetos de lei, de origem do executivo e do legislativo, e mais nove proposições dos vereadores.

Na sessão foram votados os seguintes projetos de lei:
– 022, que concede reposição e aumento salarial aos servidores municipais ativos, inativos e pensionistas, na ordem de 13,50%, a partir de 01 de março;
– 023, que autoriza a contratação de professora, por tempo indeterminado, para a EMEI da Vila Paz;
– 001, que concede reposição e aumento salarial aos servidores da Câmara de Vereadores;
– 002, que concede revisão de subsídios aos vereadores;
– 003, que concede revisão de subsídios ao prefeito e ao vice-prefeito;
– 004, que concede revisão de subsídios aos secretários municipais. Todos foram aprovados por unanimidade.

Proposições analisadas e votadas:
001 – Adelar Gatto, solicita à administração municipal que recupere as estradas do interior;
002 – Adelar Gatto, solicita à administração municipal que realize campanha de recolhimento de lixo eletrônico e dê destino final aos mesmos, como forma de preservar o meio ambiente a vida de metais pesados;
003 – José Guilherme Dalmagro, solicita que a administração municipal contrate médico neurologista para atendimento no município uma vez por mês.
004 – José Guilherme Dalmagro, solicita que o executivo instale no município um centro de tratamento de esgoto nos Bairros 8 de Maio, Cohab e São Judas Tadeu.
005 – Rogério Luiz Kloeckner, solicita à administração que conceda aos idosos, maiores de 60 anos e deficientes físicos marcação de consultas médicas pelo telefone;
006 – Rogério Luiz Kloeckner, solicita à Secretaria de Saúde que não exiga nova consulta a paciente que precisar somente apresentar exames médicos já solicitados em consulta anterior;
007 – Rogério Luiz Kloeckner, soilicita que o município realize campanha de esterilização de cães soltos pela cidade;
008 – José Guilherme Dalmagro, solicita que o executivo reveja e conceda aos servidores municipais as diferenças relativas às perdas de 2001 a 2204, em virtude da Reforma Administrativa;
009 – Luiz Carlos dos Santos, solicita que o executivo estude a possibilidade de conceder linhas de ônibus para o transporte coletivo na cidade.
Todas foram aprovadas por unanimidade.

No espaço do Pequeno Expediente apenas o vereador Osvaldo Henrich Filho fez uso da tribuna. Ele falou sobre o mau cheiro que o Curtume Tapera está provocando na cidade e que teria causado mal estar e indignação com pessoas de fora que estiveram hospedados na cidade por ocasião da Expodireto Cotrijal. Henrich vê sério problema para a saúde que não sabe o que está respirando. Ele quer que a empresa melhore a qualidade do ar em Tapera.

Osvaldo Henrich Filho também falou que o Corpo de Bombeiros de Tapera mais uma vez vetou o Ginásio Poliesportivo para os jogos do América/GF/Fepol, sendo que neste sábado (17) a equipe estreia na Série Ouro contra a UJR, de Novo Hamburgo.

No espaço das Explicações Pessoais, subiram à tribuna os vereadores Claudio Schultz, Osvaldo Filho, Alcides Maldaner, Fernando Campeol, Rogério Kloeckner, José Dalmagro e Adelar Gatto.

No começo da sessão foi aberto espaço na Tribuna Livre e dele fez uso o presidente do Sindicato dos Municipários Taperense (Simtap), José Roberto Rech. Na tribuna ele falou sobre os problemas que estão acontecendo na entidade e que está cobrando na justiça, da antiga diretoria, o valor de R$ 44.460,75.

A próxima sessão será na segunda-feira (19).

Compartilhe: