Laudos confirmam asfixia em vítimas de incêndio na boate Kiss

Postado em 08 março 2013 07:16 por jeacontece
15.292.411/0001-75

A Polícia Civil recebeu mais seis resultados de necropsias realizadas em vítimas do incêndio na boate Kiss, em Santa Maria, no Centro do Estado. Os laudos do Instituto Geral de Perícias (IGP) determinaram que a causa das mortes foi inalação de monóxido de carbono e cianeto. As mesmas substâncias haviam sido encontradas no sangue das duas primeiras vítimas examinadas. Assim, fica comprovado que as mortes ocorreram por asfixia.

O titular da 1ª Delegacia de Polícia do município, delegado Marcos Vianna, fala que a expectativa é receber nos próximos dias os resultados restantes, bem como o laudo da perícia feita na boate. Até o momento, quatro investigados no inquérito foram presos preventivamente: os proprietários da Kiss Elissandro Callegaro Spohr e Mauro Londero Hoffmann, e os integrantes da banda Gurizada Fandangueira, Luciano Augusto Bonilha Leão e Marcelo de Jesus dos Santos.

Nessa quarta-feira, o advogado de Marcelo, Omar Obregon, requereu na Justiça o afastamento do delegado Marcelo Arigony do caso. Conforme ele, o policial estaria envolvido emocionalmente, em razão de ter perdido uma sobrinha na tragédia que matou 241 pessoas, o que estaria prejudicando seu trabalho na investigação.

Correio do Povo

Postado em 08 março 2013 07:16 por jeacontece
15.292.411/0001-75

NOTÍCIAS RELACIONADAS


TAPERA TEMPO

Desenvolvido com 💜 por Life is a Loop