Lagoa ganha banda larga

A banda larga chegou ao Alto Jacuí, primeiramente em Lagoa dos Três Cantos dentro de um projeto piloto. A mesma veio junto com o Seminário Banda Larga – Desafios e Oportunidades para a Região, evento que aconteceu ontem (16), na Sociedade Recreativa Sempre Unidos, às 15h.

O seminário trouxe diretores e técnicos de Brasília e de Porto Alegre, ligados a órgãos governamentais. Estiveram presentes na oportunidade o prefeito de Lagoa dos Três Cantos e presidente da AMAJA, Ernor Weber; o presidente da Câmara de Vereadores de LTC, Sênio Brune; o diretor da Telebrás, Paulo Kapp; o diretor do Ministério das Comunicações, Ronald Costa; Gerson Baren, diretor da Secretaria de Comunicação do RS; Ana Claudia Figueroa, diretora da Secretaria de Educação do RS; deputado federal Elvino Bohn Gass; deputado estadual Pedro Westphalen; Rosilda Santos Pratz, diretora da Intelbrás; Vilson Roberto Bastos dos Santos, presidente do COMAJA e prefeito de Cruz Alta; Roberto Luis Visoto, presidente do COREDE Alto Jacuí e vice-prefeito de Tapera; prefeitos, vereadores e secretários municipais; entre outros. Também estiveram presentes os presidentes das cooperativas Cristiano Scher (Cotrisoja), Jânio Vital Stefanello (Coprel), Nei Cesar Mânica (Cotrijal) e Sérgio Tonello (Sicredi Rota das Terras).

Neste painel Jânio Stefanello falou sobre a internet que a Coprel oferecerá a seus associados e cujo projeto piloto conta com 331 usuários. A mesma se chamará Triway e será dirigida pela Coprel Telecom.

Após o canto do Hino Nacional e a manifestação das autoridades presentes, começaram os painéis. O primeiro deles – A importância da banda larga para o agronegócio – foi mediada por Paulo Kapp (Telebrás) e teve a participação de Cristiano Scher (Cotrisoja), Nei Cesar Mânica (Cotrijal), Jânio Stefanello (Coprel), Sérgio Tonello (Sicredi Rota das Terras) e Cirlei Gatto (Cooperativa Santa Clara).

No segundo painel, coordenado por Ronald Costa (Minicom), tratou sobre Aplicativos para as cidades digitais brasileiras e contou com a participação dos representantes dos governos federal e estadual e de empresas privadas. No terceiro e último painel – A sociedade brasileira do Teletrabalho e Teleatividades, foi mediada por Álvaro Mello, diretor da Sobratt.

Dentro do painel aconteceu uma espécie de videoconferência em que participaram do bloco profissionais de São Paulo, Lisboa (Portugal) e Cota Rica.

Na sequencia houve a assinatura dos termos de cooperação entre os governos, empresas e municípios.

O Seminário Banda Larga – Desafios e Oportunidades para a Região trouxe mais uma vez a discussão sobre a importância da internet na vida das pessoas e as modernidades que estão acontecendo a todo instante.

Compartilhe: