Juiz “linha dura” que atuou em Passo Fundo conduzirá júri do caso Boate Kiss

Postado em 01 dezembro 2021 15:03 por jeacontece
15.292.411/0001-75

O júri do caso Boate Kiss será conduzido por um conhecido dos passo-fundenses. O juiz Orlando Faccini Neto atuou na cidade entre 2011 e 2016 e foi responsável por mandar prender o advogado Maurício Dal Agnol em 2014.

Faccini Neto é nascido em São Paulo, formado em direito, mestre em direito público e doutor em Ciências Jurídico Criminais. Além de Passo Fundo, atuou em Jaguarão entre 2001 e 2004 e depois trabalhou em Carazinho. Em 2016 se transferiu para a capital onde preside a associação dos Juízes do Rio Grande do Sul e é professor.

Em Passo Fundo foi professor na Universidade de Passo Fundo, nas disciplinas de Direito Constitucional e Processo Penal. Tambem foi professor na FAPLAN e na Faculdade Anhanguera.

Orlando Faccini Neto é conhecido como um juiz linha dura e que defende a prisão em 2 instância.

Nos bastidores é praticamente unânime a opinião de que, se considerados culpados, os réus amargarão penas altas e devem sair direto do foro central para a cadeia.

Elissandro Callegaro Spohr, Mauro Londero Hoffmann, Marcelo de Jesus dos Santos e Luciano Bonilha Leão sentarão no banco dos réus a partir desta quarta-feira, 01, e serão julgados por 242 homicídios e 636 tentativas de homicídio. O júri que ocorre em três turnos, sete dias por semana tem previsão de duração de duas semanas.

Rádio Uirapuru

Postado em 01 dezembro 2021 15:03 por jeacontece
15.292.411/0001-75

NOTÍCIAS RELACIONADAS


TAPERA TEMPO

Desenvolvido com 💜 por Life is a Loop