Ireneu Orth foi à capital em busca de recursos atrasados

Atrasos no pagamento pelo Estado de faturas de obras executadas no município, levaram o prefeito Ireneu Orth a uma audiência com o diretor-geral do DAER, José Francisco Fogaça Thormann. O encontro aconteceu na terça-feira (20), em Porto Alegre. Participou do encontro o deputado Estadual Pedro Westphalen.

Conforme o prefeito Ireneu, falta o município receber saldo dos recursos do projeto do asfaltamento das oito ruas executado em 2010 e do calçamento poliédrico do trecho entre São Rafael a Barra do Colorado, referente a 2011 e 2012. Com isso a administração municipal taperense está bancando sozinha esta importante obra para as duas comunidades do interior.

Cumpre ressaltar, ainda, que a governadora Yeda Crusius pagou tudo o que era possível do projeto do asfaltamento das ruas da cidade, até 31 de dezembro de 2010, quando encerrou seu mandato. Por sua vez, o governo Tarso Genro ainda não autorizou o pagamento da última parcela do asfalto cujo valor é de R$ 400 mil, que destina-se a Conpasul. Do projeto do calçamento poliédrico de São Rafael a Barro do Colorado nada foi liberado em 2011 e 2012, mesmo que a obra esteja em fase final de execução.

De acordo com Ireneu Orth, o diretor do DAER revelou que a dívida do órgão para com os municípios gaúchos é de R$ 16 milhões, sendo metade deles – R$ 8 milhões – correspondente à obras realizadas no governo Yeda.

José Francisco Fogaça Thormann adiantou que a expectativa é que haja uma suplementação de verbas, que são transferências de recursos de uma rubrica para outra, para que a situação seja normalizada, parcial ou total, em relação ao pagamento das faturas aos municípios.

Compartilhe: