Imaculada participa do debate da Reestruturação do Curso Normal na Capital

TAPERA – A professora do Curso Normal, Maria Denize Vinchiguerra; a coordenadora pedagógica, Carla Yora; e a diretora Luciana Rizzi, participaram nos dias 02 e 03 de agosto, do Encontro Estadual que debateu as ementas que vão definir a matriz curricular básica do Curso Normal na reestruturação do Ensino Médio que está em implantação na rede estadual de ensino. A proposta é que o curso seja composto pelas seguintes disciplinas: Filosofia da educação, história da educação, sociologia da educação, psicologia da educação, estrutura e funcionamento da educação básica, Libras, além das Didáticas.

As ementas das disciplinas foram sistematizadas ao longo do encontro. A assessora para o Ensino Médio na Secretaria de Estado da Educação (Seduc), Vera Maria Ferreira, enfatizou a importância do processo de debates para a definição da matriz curricular. “Trata-se de uma proposta consensual, discutida, e esta construção coletiva vai garantir consistência ao currículo”, disse.

A reestruturação do Ensino Médio, no que se refere ao Curso Normal, propõe a articulação de uma formação geral sólida, que advém de uma integração com o nível de Ensino Fundamental, a uma parte diversificada e de uma formação profissional estruturada em dois eixos, educação e conhecimento e conhecimentos da Educação Infantil e dos anos iniciais do Ensino Fundamental e de suas práticas voltadas à formação do educador-pesquisador. É a parte da formação do educador que está em debate no encontro estadual.

Na rede estadual, 98 escolas oferecem o Curso Normal. Representantes dessas 98 escolas e das Coordenadorias Regionais de Educação foram os participantes do encontro que se realizou no Salão Nobre da Faculdade de Direito da UFRGS, em Porto Alegre.

Compartilhe: