Imaculada participa de comitê contra violência nas escolas

TAPERA – Alunos e direção do Instituto Imaculada participaram no último dia 08, em Soledade, do primeiro encontro do Comitê Comunitário de Prevenção da Violência nas Escolas. O mesmo tem como objetivo oferecer um curso de mediação de conflitos aos professores, alunos e equipes diretivas das escolas que proporcione capacitação nas metodologias, técnicas e ferramentas dos processos de mediação de conflituosidades, incivilidades e violências nos ambientes escolares na perspectiva da promoção da cidadania e direitos humanos.

A carga horária do curso será de 40 horas e tem como coordenador estadual Júlio Alejandro Quezada Jélvez, filósofo, doutorando em Gerontologia Biomédica (Pontifícia Universidade Católica RS), mestrado em Educação e Filosofia Contemporânea (PUC-RS). É professor (FACOS) e consultor do Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento.

Júlio destacou sobre a Lei 14.030, de 26 de junho de 2012, que dispõe sobre as comissões internas de prevenção de acidentes e violência escolar (CIPAVE) e da importância do estudo sobre a legislação e dos encaminhamentos corretos que as escolas devem dar as situações que acontecem dentro da escola, das orientações que devem ser claras nos regimentos das escolas e cumpridas rigorosamente. A Escola precisa apresentar medidas para a resolução de conflitos, estabelecendo este vínculo através do diálogo mas também através de medidas para a restauração dos danos causados que não podem ficar impunes.

A Escola avaliou de forma muito positiva o encontro onde os alunos também puderam levantar suas situações de conflitos e serem protagonistas na resolução dos mesmos.

Compartilhe: