Ibirubá intensifica o combate ao mosquito Aedes

Apesar das medidas de controle já implementadas e da campanha de conscientização da população para evitar os focos de proliferação do mosquito Aedes aegypti, o município de Ibirubá figura entre aqueles que registraram o maior número de casos de dengue autóctone no RS.

Face a esta situação, a Administração Municipal deliberou à Secretaria Municipal de Saúde (SMS) e ao Comitê de Enfrentamento à Dengue que promovessem ações mais intensas para combater o mosquito. O Aedes aegypti é transmissor das doenças dengue e febre chikungunya, além de provocar, nas gestantes, o nascimento de crianças com microcefalia.

A SMS contratou a empresa MR Desinsetização e Controle de Pragas para fazer a pulverização, com produtos mais específicos de combate ao Aedes, nas vias públicas da cidade de Ibirubá, realizada no último dia 16/12. Confira mais informações em matéria publicada no dia 18/12, no site da Prefeitura Municipal.

No dia 23/12, o Executivo Municipal publicou o Decreto 4.072/2015, que determina algumas ações legais de combate ao Aedes. O documento está publicado junto ao site da Prefeitura Municipal.

No último dia 28, aconteceu uma reunião da Secretaria de Saúde com as Agentes Comunitárias de Saúde (ACSs). O secretário Giovani conversou com as servidoras, comunicando a elas que o Ministério da Saúde publicou uma portaria, no último dia 18, acrescendo o engajamento das ACSs em situação de surtos e epidemias. Ou seja, no caso desta situação de infestação do mosquito Aedes aegypti, as Agentes devem atuar em conjunto com os Agentes de Endemias nas ações de controle das doenças, utilizando as medidas de controle adequadas, manejo ambiental e outras ações de manejo integrado, de acordo com decisão do gestor municipal, diz a portaria.

No próximo dia 04, assumirão três novos servidores municipais, contratados através de Processo Seletivo Público, que desempenharão a função de Agente de Combate à Endemias. Esses, se juntarão aos quatro já existentes para exercerem atividades de vigilância, prevenção e controle de doenças e promoção à saúde.

Ainda, a SMS está organizando, em conjunto com a Secretaria de Obras, mais um roteiro de limpeza nos bairros, que recolherá todo o material que possa ficar no ambiente externo às casas e que possa acumular água. Todos os bairros serão percorridos nesse roteiro, porém será iniciado pelos locais que apresentam um maior risco de infestação do mosquito. Veja matéria publicada no dia 18/07 sobre o último mutirão realizado.

Mobilização no dia 08

Além destas ações imediatas, uma mobilização vai acontecer na sexta-feira dia 08 de janeiro, às 13 horas, com partida da Praça General Osório. Participarão os Agentes Comunitários de Saúde, os de Endemias, equipes da Administração Municipal e voluntários da comunidade. O grupo percorrerá as ruas centrais e se dirigirá em direção a um bairro (a ser definido) com distribuição de panfletos e repassando orientações à população.

Toda a sociedade ibirubense é convidada (e convocada) a se conscientizar da gravidade da situação, acompanhar e colaborar com as ações empreendidas ao enfrentamento e combate ao mosquito Aedes aegypti. Todas as ações tem a finalidade de o município evitar um surto de doenças como a dengue, a chikungunya e o nascimento de crianças com microcefalia, causadas pelo zika vírus.

(Assessoria de Imprensa da Prefeitura de Ibirubá)

Compartilhe: