IBIRUBÁ – Administração Municipal prepara retorno escolar presencial na rede municipal

Dia 22 de fevereiro de 2021, deverá ser uma data histórica para a população de Ibirubá. Enfim, após 10 meses de um novo cronograma de atividades escolares, imposto pelas restrições acerca da Pandemia Mundial do Covid-19, as aulas deverão ser retomadas de forma presencial, a partir da data citada.

Após diversas reuniões, planejamentos e muito cuidado, foram desenvolvidos uma cartilha de protocolos a serem seguidos pela comunidade escolar, que inclui, alunos, professores, funcionários, pais e familiares, para que assim, com muita segurança, seja possível essa retomada.

Inicialmente, conforme a cartilha de medidas estaduais, as escolas e salas de aula, deverão trabalhar com 50% da capacidade total de lotação, com amplo acesso a materiais de higiene, sempre com ambientes bem arejados e com disposição de ventilação, e também sempre com uso de máscaras de proteção facial, cobrindo nariz e boca.

“Será um esforço em conjunto, com muita responsabilidade e com ações muito bem pensadas previamente, para que seja possível o retorno dos alunos, diminuindo assim os prejuízos de aprendizagem e colaborando para o crescimento pessoal, didático e de saúde de nossa população e principalmente da comunidade escolar”, salienta o Secretário da Educação, Cultura e Desporto, professor Henrique Hentges. Já o prefeito Abel Grave comenta do anseio por parte dos próprios alunos e dos pais para esse retorno, “recebo diariamente muitas mensagens, ligações, sugestões na rua quando encontro com alguém sobre o retorno das aulas. Muitas pessoas que precisam voltar às suas atividades e precisam das creches para deixar os filhos sob cuidados, muitos alunos que querem retornar para as aulas e temem perder um ano de estudos, muitos empresários que precisam da mão de obra dos pais que agora precisam estar em casa e supervisionar as crianças, então é uma série de fatores, que agora aliado a chegada dos protocolos possíveis e a proximidade de uma campanha de vacinação possibilitam essa volta gradual dessas atividades”.

As aulas retornam no dia 22 de fevereiro de forma presencial para toda a rede de ensino do município, que inclui, creches, escolas de ensino infantil e escolas de ensino fundamental, bem como o transporte escolar.

Centro Social do Bairro Floresta também terá atividades retomadas

Crianças ansiosas e adolescentes inquietos com a falta de programação, é uma constância nos últimos 10 meses em que atravessamos a pandemia do Covid-19. Antes um ambiente cheio de descontração, atividades educativas e de construção de bons cidadãos, que é o Centro Social Floresta, hoje vive dias de ócio e de saudade das gargalhadas, das danças, da leitura e das tantas atividades.

Porém se aproxima o dia do retorno, mas não sem antes a necessidade das matrículas e rematrículas, oportunidade em que os pais e responsáveis saberão sobre os cuidados necessários e as datas certas para o retorno.

O Centro Social Floresta é um ambiente onde crianças e adolescentes, principalmente em condições de vulnerabilidade, ou que não tenham atividades no contra-turno escolar, podem se ocupar com atividades de construção de um cidadão engajado em bons costumes e uma vida digna para si próprio e para uma futura família que possa formar.

Matrículas e Rematrículas abertas do dia 25/01 até 29/01.

Compartilhe: