Homicídios aumentaram em 9,2% no Estado durante o mês de julho

O Rio Grande do Sul registrou crescimento nos homicídios no mês passado. Em meio a uma força tarefa realizada pelas polícias para coibir esse tipo de crime, o Estado teve aumento de 9,2% nas mortes na comparação com julho de 2011, de acordo com dados divulgados nesta terça-feira pela Secretaria da Segurança Pública.

Foram 154 homicídios em julho desse ano contra 141 no mesmo mês do ano passado. A tendência de aumento desse tipo de crime foi registrada em todos os meses de 2012. O Estado chegou a 1.103 mortes nos primeiros sete meses do ano contra 926 em 2011.

Apenas em Novo Hamburgo, no Vale do Sinos, 60 pessoas foram assassinadas nos primeiros sete meses do ano, uma alta de 81% em comparação com 2011. O número é quase o total registrado no ano passado, quando houve 61 homicídios no município.
— Notamos que a maioria desses crimes envolvem pessoas que já estavam na criminalidade. Grande parte dos casos envolve o tráfico de drogas, o que mostra que o problema é maior — afirma o titular da Delegacia de Homicídios de Novo Hamburgo, Enizaldo Plentz.

Outro crime que registrou aumento em julho foi o furto de veículos, com crescimento de 12% na comparação com o mesmo mês em 2011. Foram 1.362 casos nesse ano contra 1.216 em julho de 2011. Já os roubos de veículos tiveram aumento de 6%, passando de 924 para 980.

Dois tipos de crimes tiveram redução nos índices. Os roubos caíram 11% na comparação entre julho de cada ano. De 4.270 em 2011 para 3.798 em 2012.

Os latrocínios – roubos com morte – também caíram, de oito para cinco registros, no comparativo entre julho de cada ano, e de 48 para 42 no acumulado dos primeiros sete meses de 2011 e 2012.

Clicrbs

Compartilhe: