Hamm destaca potencialidades turísticas da região fronteiriça do Rio Grande do Sul

A Comissão de Turismo e Desporto (CTD) da Câmara dos Deputados foi cenário na tarde de quarta-feira, dia 9 de maio, de audiência pública com presidente da Embratur, Flávio Dino e o presidente do Fórum Nacional dos Secretários e Dirigentes Estaduais de Turismo, Domingos Leonelli. A pauta do evento foi sobre Turismo e Copa do Mundo de 2014. O deputado federal Afonso Hamm (PP-RS), que é vice-presidente da CTD, destacou a importância de trabalhar mais a imagem do Brasil com vistas na divulgação dos eventos mundiais de esporte.

Afonso Hamm sugeriu a elaboração de vídeos institucionais e materiais publicitários para divulgar as potencialidades turísticas do país e assim contribuir com os preparativos para a Copa das Confederações de 2013 e a Copa do Mundo de 2014. “É fundamental divulgar o país visando atrair mais turistas para prestigiarem os megaeventos esportivos”, ressalta.

Outra defesa destacada por Hamm foi em relação as potencialidades turísticas do Rio Grande do Sul que faz fronteira com Uruguai e Argentina e precisa alavancar para atrair mais turistas. “O Estado já tem esse potencial e necessita de novos incentivos para desenvolver o turismo e em especial atrair mais os turistas dos países em que faz fronteira”, ressalta.

Em relação ao potencial do Estado gaúcho, Dino destacou que a Secretaria de Turismo do RS tem trabalhado na divulgação dos roteiros turísticos do Estado, o que na sua avaliação contribui para o crescimento deste setor.

Flávio Dino confirmou que o turismo brasileiro precisa investir em publicidade. No entanto, relatou que para divulgar o Brasil em 15 países a empresa dispõe apenas de R$ 26 milhões. Em vista disso, o presidente reivindicou aos parlamentares o aumento de 50% dos recursos no orçamento da Embratur para o próximo ano. Ainda anunciou que será lançada uma campanha sobre o Brasil em Londres, durante os Jogos Olímpicos deste ano.

O presidente do Fornatur destacou que o turismo é reconhecido como atividade estratégica e reforçou sobre a importância do setor hoteleiro estar atento para receber bem os turistas e não cobrar preços abusivos.

(Assessoria de Imprensa)

Compartilhe: