Grito é adiado, de novo

Pela segunda vez, a Fetag/RS suspendeu o Grito da Terra estadual, que estava agendado para a segunda-feira. A decisão foi tomada pela impossibilidade de o governador Tarso Genro receber os negociadores. Uma nova data dependerá de acerto com o Executivo. A primeira mobilização prevista era 30 de maio, junto com a ação nacional.

Correio do Povo

Compartilhe: