Google conclui compra da Motorola por US$ 12,5 bilhões

A compra da Motorola Mobility pelo Google foi oficializada nesta terça-feira, um negócio de US$ 12,5 bilhões quefoi anunciado em agosto do ano passado. O fechamento da aquisição dependia da aprovação de autoridades regulatórias. União Europeia e Estados Unidos já haviam aprovado a negociação, que teve o último entrave eliminado no domingo, com a aprovação das autoridades chinesas. O CEO da Motorola, Sanjay Jha, pediu demissão, e será substituído pelo executivo do Google Dennis Woodside.

Em nota, o CEO do Google, Larry Page, afirmou que “os computadores em nossos bolsos estão mudando a forma como vivemos” e estava “animado em anunciar o fechamento do negócio com a Motorola Mobility”. Ele agradeceu os esforços de Jha e sua aposta no Android, e afirmou que conhece Woodside por quase uma década. “Ele tem sido fenomenal para a construção de equipes e entregar em algumas das maiores apostas do Google”, afirmou.

Page também celebrou a história da Motorola e seus 80 anos de inovação e a criação do primeiro telefone celular. “Todos nos lembramos do StarTAC da Motorola, que na época parecia minúsculp e mostrou o real potencial desses dispositivos. E como é uma empresa que fez uma aposta grande logo no início no Android, Motorola se tornou um parceiro extremamente valioso para o Google”, escreveu.

A provação do por autoridades regulatórias da China no domingo eliminou o último entrave para o fechamento do negócio, quase oito meses após o anúncio da aquisição. Essa aprovação exige que o Google mantenha o Android gratuito e com código aberto por pelo menos cinco anos.

Terra

Compartilhe: