Gêmeas separadas ao nascer há 50 anos se reencontram em Vitória, ES

Irmãs gêmeas separadas ao nascer há 50 anos, se reencontraram na tarde desta terça-feira (5) no aeroporto Eurico de Aguiar Salles em Vitória. Uma é tenente da Polícia Militar no Espírito Santo e a outra é cuidadora de idosos em Alagoas. As duas fazem aniversário nesta quinta-feira (7), preparam uma festa desejada há muito tempo e vão comemorar a data juntas pela primeira vez.

Elas contaram que a mãe morreu no parto na Santa Casa de Misericórdia em Vitória e foram adotadas por famílias diferentes. A Tenente Clara Adriana da Fraga continuou morando na capital do estado, já Clarisse Andressa Mota morou em Linhares, na região do Rio Doce, e em seguida se mudou para Alagoas.

Há quatro anos as imãs passaram a ter contato pela internet. “Eu fiquei sabendo que tinha uma irmã que morava em Vitória, que era gêmea comigo. A partir deste dia comecei a procurar e não parei mais”, contou Clarisse.

A irmã, Clara Adriana, disse que ficou surpresa quando viu um recado em uma rede social. “Não tinha da onde puxar o fio da meada. Em 2008, apareceu uma mensagem no orkut me perguntando sobre a data do meu aniversário, eu fiquei curiosa. Entrei no perfil dela e lá ela procurava a irmã, que era eu, respondi e começamos a cruzar as informações”,
explicou.

G1

Compartilhe: