Força-tarefa do programa Segurança Alimentar RS interdita estabelecimento em Cruz Alta

Postado em 01 julho 2022 15:03 por jeacontece
15.292.411/0001-75

Agentes da força-tarefa do Programa Segurança Alimentar RS realizada em Cruz Alta nesta quinta-feira, 30, fiscalizou cinco estabelecimentos. Um deles foi totalmente interditado e outro teve o açougue e o depósito interditados. Durante a operação, mais de 1,8 tonelada de alimentos impróprios para consumo foi apreendida e inutilizada para o consumo. Os demais locais foram autuados.

Irregularidades encontradas

As principais irregularidades encontradas foram alimentos armazenados de forma inadequada, deteriorados ou ainda sem procedência. Os estabelecimentos interditados, total e parcialmente, apresentavam péssimas condições de higiene e presença de roedores e insetos. Um dos proprietários foi preso em flagrante por estar com duas armas com registros vencidos há mais de cinco anos e cigarros provenientes do Paraguai.

Força-tarefa conta com vários órgãos

Participaram da fiscalização o coordenador do Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco) – Segurança Alimentar, Alcindo Luz Bastos da Silva Filho, a promotora de Justiça de Cruz Alta Vanessa Casarin Schütz, servidores do Gaeco – Segurança Alimentar, representantes da Vigilância Sanitária Municipal de Cruz Alta, Secretaria Estadual da Saúde (SES), Secretaria Estadual da Agricultura, Pecuária e Desenvolvimento Rural (SEAPDR), Delegacia de Polícia de Proteção ao Consumidor (Decon) e da Patrulha Ambiental da Brigada Militar (Patram).

Fonte: Ministério Público do Rio Grande do Sul

Da Redação Integrada Rádio Cidade e Jornal O Alto Jacuí

Postado em 01 julho 2022 15:03 por jeacontece
15.292.411/0001-75
Tags:

NOTÍCIAS RELACIONADAS


TAPERA TEMPO

Desenvolvido com 💜 por Life is a Loop