Forbes: Brasileiro fica chocado com Corolla de US$ 29 mil

Com a queda nas vendas na Europa e desaceleração na China, as montadoras de automóveis agora “amam” o Brasil, segundo reportagem da revista americana Forbes. No entanto, além da concorrência, as marcas enfrentam outro desafio no País: os altos impostos cobrados pelo governo. A publicação cita o aumento de 30 pontos percentuais no Imposto sobre Produtos Industrializados (IPI) para veículos importados. “Consumidores brasileiros ficam chocados ao ver preços de US$ 29 mil por um modelo popular como o Toyota Corolla, que sai por US$ 16 mil nos Estados Unidos”, diz a revista.

Ainda de acordo com a Forbes, o Brasil tem apenas 14% das estradas pavimentadas, e mesmo assim possui potencial de crescimento de 68%, de 3,4 milhões de carros vendidos em 2011 para 5,7 milhões em 2016 – para os Estados Unidos a estimativa é de alta de 30%. Com o crescimento da classe média, o País pode ultrapassar o Japão já em 2015 e assumir o posto de terceiro maior mercado do mundo, atrás apenas de EUA e China.

A publicação ainda comentou a “corrida” das montadoras para nacionalizar parte da produção e aumentar a produtividade daquelas já instaladas no País, depois que o governo brasileiro decidiu dar incentivos para marcas que investem localmente. GM, Ford, Volkswagen, Fiat, Toyota, Hyundai, Nissan, Honda, Renault, Peugeot e Chery devem colocar cerca de US$ 25 bilhões no Brasil até 2016, segundo a Forbes.

Terra

Compartilhe: