“Foi Deus que nos salvou”, diz mulher que teve casa destruída por árvore em Passo Fundo

Ao olhar a destruição que a queda de uma árvore causou em sua residência, a moradora de Passo Fundo, no Norte, Neusa Mazzetto Leite, 48 anos, quase não conseguiu conter as lágrimas. Ao explicar o que sentia, no entanto, foi firme:

— É uma mistura de tristeza com alegria. Perdemos muito, mas poderíamos ter morrido. Tivemos sorte, foi Deus que nos salvou.

Ela, a mãe, o irmão, o marido e três filhos estavam na casa quando a árvore caiu, destruindo totalmente o quarto do casal e parte da casa, por volta da meia-noite desta quarta-feira.

Durante a manhã, a Secretaria de Habitação do município avaliou as perdas na residência e produzirá um laudo para encaminhar materiais de construção à família. Os bombeiros trabalham no local desde a madrugada para retirar a árvore.

Emocionado, o proprietário da casa, Osmar de Moraes Leite, 51 anos, conta como a família escapou ilesa do temporal.

Zero Hora — O que a família fez quando o temporal começou?

Osmar de Moraes Leite — Eu, minha mulher e minha filha de cinco anos estávamos deitados, vendo televisão no meu quarto. Meus dois filhos, minha sogra e meu cunhado estavam em outros quatros. Quando ouvimos o barulho do vento, decidimos enrolar minha filha em um cobertor e ir para o corredor. Foi isso que nos salvou, a árvore caiu bem em cima da cama onde estávamos.

Zero Hora — E os outros, como escaparam?

Leite — Uma parte da árvore também atingiu o quarto do meu filho, de 30 anos. Ele teve que se arrastar para sair. Ficou com alguns arranhões, mas nada grave. Os outros conseguiram sair andando dos quartos, ninguém se machucou.

Zero Hora — Onde vocês procuraram abrigo?

Leite: Ainda chovia muito forte e fomos correndo para a casa da minha cunhada, que mora a duas quadras. Vamos ficar lá por enquanto, não sabemos quando vamos conseguir reconstruir a nossa casa. Perdemos os móveis e os eletrônicos molharam, não sei se vão funcionar. Também estamos sem roupas e documentos, que ficaram no quarto destruído.

Clicrbs

Compartilhe: