Foco na semente: TSI garante maior produtividade à lavoura

A Marasca Cereais e a Syngenta disponibilizam a partir de agora um assistente técnico compartilhado para atuar especificamente na área de sementes, reforçando o suporte ao produtor desde o período pré-plantio. De acordo com Pedro Henrique Ruwer, engenheiro agrônomo e novo AT da empresa, este é um novo projeto que visa dar ênfase a importância do tratamento industrial de sementes, mostrando seus benefícios.

“Vou acompanhar os produtores desde o início apresentando a eles as vantagens do TSI (Tratamento de Sementes Industrial) em comparação com o tratamento On Farm, feito pelos próprios agricultores na propriedade. Além do quesito segurança, o TSI garante a qualidade das sementes, fator que influencia diretamente na produtividade”,explica Ruwer.

Os produtores que visitarem a matriz da Marasca Cereais, em Cruz Alta, poderão ver o Espaço Seed Care com amostra de sementes tratadas e material explicativo. Este espaço será reproduzido em outras unidades da Marasca.

Importância do tratamento

Apesar do pequeno tamanho, a semente é um dos principais veículos de tecnologia que leva genética à produção do campo. Com os avanços nas formas de seu tratamento, ela tem ganhado a possibilidade de ficar ainda mais potente, garantindo produtividade à lavoura, praticidade e economia ao produtor. Ela por si só também tem conquistado o status de seguro, uma vez que tem exercido a função de proteger a população de plantas, aprimorando o início do cultivo e, a partir daí, contribuindo para uma melhor produtividade.

O tratamento de sementes serve para diversas finalidades, sendo a principal delas combater pragas, doenças, insetos e fungos. Também combate aos nematóides – vermes específicos, microscópicos, muitas vezes invisíveis, que atacam as plantas. (Com informações Seed Care Syngenta).

Compartilhe: