FENAJ e Sindicatos fazem mobilização em Brasília pela PEC 33

Diretores da FENAJ e de Sindicatos de Jornalistas reforçam em Brasília, nos dias 3 e 4 de julho, a mobilização pela aprovação da PEC 33/09 em 2º turno no Senado. Representantes de 20 estados já estão confirmados para os trabalhos de contato direto com os parlamentares visando a obtenção de quorum para a votação da proposta. A FENAJ convocou a categoria a reforçar o movimento com envio de mensagens aos parlamentares.

O objetivo do movimento é assegurar a votação da PEC dos Jornalistas antes do recesso parlamentar de julho. Embora as lideranças partidárias no Senado tivessem firmado o compromisso, no final de 2011, de votar a PEC 33 no início de 2012, até o momento este compromisso não se confirmou.

Todas as etapas de tramitação da matéria no Senado já foram concluídas, restando a votação em plenário. Mas para a aprovação é preciso quorum qualificado de no mínimo 49 votos favoráveis. No primeiro turno de votação, em novembro do ano passado, a PEC foi respaldada por 65 votos favoráveis. Apenas 7 senadores votaram contra.

Até o momento já estão confirmadas as participações de lideranças sindicais dos jornalistas do Acre, Alagoas, Amapá, Amazonas, Bahia, Maranhão, Minas Gerais, Pará, Paraíba, Paraná, Pernambuco, Piauí, Rio de Janeiro, Rio Grande do Norte, Rio Grande do Sul, Rondônia, Roraima, Santa Catarina, São Paulo e Tocantins nas atividades dos dias 3 e 4 de julho.

“Vamos fazer uma grande mobilização junto aos parlamentares”, conta a diretora da FENAJ e membro da coordenação da Campanha em Defesa do Diploma, Valci Zuculoto. “Mas para que este movimento seja bem sucedido é preciso mais, por isso pedimos a todos os apoiadores de nossa campanha que se envolvam”, convoca sugerindo ações como envio de e-mails e telefonemas aos parlamentares, atividades nos estados nos dias da mobilização e mesmo corpo-a-corpo nos aeroportos com os senadores em seus deslocamentos a Brasília.

Arraiá do diploma
Os três anos da derrubada do diploma pelo Supremo Tribunal Federal (STF), completados no dia 17 de junho, foram lembrados pelos jornalistas do Ceará durante o “Arraiá do Diploma 2012”. Na sexta-feira (22/06), a festança reuniu, na sede do Sindicato dos Jornalistas do Ceará (Sindjorce), jornalistas e sindicalistas de várias gerações. Nem mesmo a segunda maior chuva do ano ocorrida em Fortaleza tirou a amimação da festa, que, além de oferecer aos convidados as tradicionais comidas típicas das festas de São João e batidas de frutas, teve direito até a noivas diplomadas arrastando pé no espaço cultural do Sindicato.

Além do protesto, a categoria também comemorou a reintegração do diretor executivo da entidade, Evilázio Bezerra, ao jornal O Povo; a multa de quase R$ 90 mil imposta pela Justiça ao mesmo jornal por descumprir a Convenção Coletiva de Trabalho dos jornalistas e o fechamento das duas campanhas salarias da categoria, que alcançaram os maiores ganhos reais (reajuste acima da inflação) dos últimos anos.

FENAJ

Compartilhe: