Estado comunica ao governo federal que devolverá estradas em 2013

Em uma reunião na manhã desta terça-feira em Brasília entre os secretários Carlos Pestana, da Casa Civil, e Beto Albuquerque, de Infraestrutura, e o ministro dos Transportes, Paulo Passos, ficou definido que o Estado vai devolver o controle dos quase 1,2 mil quilômetros de estradas federais que estavam sob seu controle, mas concedidas à iniciativa privada, para o governo federal a partir de 2013.

De acordo com Beto esse “é um erro que está sendo reparado”.

A União se comprometeu a fazer um programa de manutenção das estradas, sem a cobrança de pedágio. Entre as rodovias que serão devolvidas ao governo federal estão as BRs-386, 116 e 290.

Pestana e Beto explicaram ao ministro que com a criação da Empresa Gaúcha de Rodovias (EGR), os pedágios nas estradas estaduais serão transformados em comunitários ao final dos atuais contratos de concessão, no próximo ano.

As rodovias federais estavam sob o controle do Estado desde o governo Britto, em 1996. O acordo tornou viável do governo estadual de implantar pedágios para recuperar as estradas. Em 1998, as primeiras praças começaram a cobrança.

Clicrbs

Compartilhe: