(Espumoso) – Corsan está disposta e renegociar tarifas de água e esgoto

O prefeito Derly Helder se reuniu na tarde da última terça-feira (15), com a Superintendência Geral da Corsan Missões, responsável pelo abastecimento de agua no Município. A conversa girou em torno da tentativa de se reduzir o preço da tarifa de água e esgoto nos bairros São Valentim, Arroio, Habitar Brasil e Luiz Parizotto.

“Fizemos um levantamento e existem 590 residências nesses bairros sendo que só 40 são atendidas por programas sociais. Infelizmente, pela lei, só podemos dar desconto para famílias consideradas de baixa renda”, disse Valdenir Reimann, chefe do Departamento Comercial da Corsan. “Esse desconto, quando comprovado o benefício, pode chegar a 60% do valor da conta”, finalizou.

Outra questão abordada foi o mau cheiro proveniente da Estação de Tratamento no Bairro Habitar Brasil. “Aplicamos uma filtragem maior através de pedra brita e o odor diminuiu bastante. Acreditamos que até a metade deste ano tenhamos uma solução definitiva para o problema”, declarou Luiz Antônio Roman, chefe da Unidade da Corsan de Ibirubá.

Uma sugestão dada pelo superintendente Almir Ludwing é que se crie algum programa social do próprio município para o cadastro de famílias pobres. “Infelizmente a gente gasta mais para coletar e destinar o esgoto tratado do que para distribuir água potável. As políticas deveriam ter sido pensadas para que esta Estação não se localizasse em bairros mais pobres, porque este é um serviço caro. Não é algo simples, mas vamos estudar isso”, pondera o superintendente.

Nos quatro bairros, a média de gastos com a conta de água é de R$ 20,00, enquanto a média no restante da cidade é de R$ 67,00. Ao todo a Corsan arrecada em torno de R$ 228mil mensais aqui em Espumoso, sendo que mais de R$ 10mil vem dos serviços de esgoto.

(Assessoria de Imprensa – Prefeitura de Espumoso)

Compartilhe: