Ernestina registra novos estragos causados pelo vendaval

Na última terça-feira, dia 1º de novembro, um forte vendaval acompanhado de chuva atingiu Ernestina. E, dias depois dos estragos causados pela chuva torrencial, o município voltou a registrar danos causados pelas intempéries climáticas.

Desta vez, além das residências atingidas, dois prédios públicos sofreram estragos. A nova Escola Municipal de Ensino Fundamental Educarte teve mais de 300 telhas arrancadas da cobertura, todos os beirais foram danificados. A tampa da caixa d’água também foi arrastada pela força do vento. A substituição das telhas já foi providenciada pela Administração Municipal de Ernestina, que terá de aplicar recursos próprios nos reparos.

Além da nova Escola Educarte, o Centro Administrativo II também foi atingido pelo vendaval. Algumas telhas foram carregadas pelo vento. O prédio também receberá reparos com a instalação de novas telhas no local. “É uma situação muito difícil, pois o município, assim como os demais, passa por dificuldades financeiras. Ainda assim, estamos empenhando todos os esforços na realização dos consertos mais urgentes nas escolas, pontes e estradas danificadas. A segurança da população é nossa prioridade”, afirma o prefeito Nico.

Na última segunda-feira, dia 31 de outubro, a equipe da Secretaria de Obras concluiu a obra de reconstrução da ponte em madeira na localidade de Posse Barão, na divisa com o município de Tio Hugo. O tráfego pelo local já está liberado.

(Fabricio Carvalho – Assessoria de Imprensa da Prefeitura de Ernestina)

Compartilhe: