ERNESTINA – Mostra regional de trabalhos estudantis incentiva cooperação e cidadania

Ernestina sediará nesta quinta-feira (30), o 1º Encontro Regional Planalto Médio do Programa A União Faz a Vida. O evento inicia às 9h e segue até às 20h, no Salão da Comunidade Evangélica do município. Os estudantes da rede municipal de Ernestina, envolvidos há meses na elaboração de projetos dentro do programa, apresentarão à comunidade as atividades desenvolvidas. A mostra será regional, contando com a presença dos municípios de Coxilha, Mato Castelhano e Pontão.

A programação inicia às 9h, com a cerimônia de abertura. Pela manhã, professores da rede municipal de ensino de Ernestina e dos demais três municípios convidados participarão de atividades de formação pedagógica, e estudantes ernestinenses das escolas Educarte, Osvaldo Cruz e João Alfredo Sachser exibirão os trabalhos elaborados durante o ano no programa idealizado pelo Sicredi. Após, será servido um almoço de confraternização. À tarde, a programação inicia às 13h30min, o evento será aberto à comunidade, oportunidade em que centenas de estudantes dos quatro municípios conhecerão os projetos exibidos na mostra e apresentarão atividades culturais desenvolvidas em suas escolas. A Secretaria Municipal de Educação de Ernestina estima que cerca de 700 pessoas visitem a mostra durante todo o dia até o encerramento, às 20h.

A secretária de Educação de Ernestina, Ingrid Worst, vê no A União Faz a Vida, com o qual o município tem parceria desde 1998, a possibilidade de complementar o ensino feito em sala de aula através dessa prática de educação cooperativa. “Durante o ano, os estudantes se envolvem em projetos que vão além da sala de aula e isso é muito importante para a formação deles. Através dessa mostra, os trabalhos serão valorizados e eles perceberão que o envolvimento em atividades práticas como estas compensa”. Nas escolas, as turmas envolvidas fazem uma expedição investigativa. Os estudantes buscam, dentro do educandário e da comunidade, o objeto a ser trabalhado e as devidas justificativas, e em cima disso elaboram questionamentos cujas respostas devem ser buscadas durante a elaboração do projeto. Desenvolvem, então, projetos dentro dos princípios de cooperação e cidadania definidos pelo Programa A União Faz a Vida, atividades acompanhadas pelos professores, já orientados em formações durante o ano.

Em maio, os estudantes apresentaram os projetos a uma comissão avaliadora, formada pela assessora pedagógica do programa, Lisiane Borges da Silva, e pelo assessor de Programas Sociais do Sicredi, Gilso Manfroi, para discussão e adequação necessárias à continuidade da execução. Após, o Sicredi repassou parte dos recursos para a aplicação dos projetos, valores complementados pela Secretaria Municipal da Educação. “O importante é que o estudante seja o principal agente do projeto, pois se ele se envolve diretamente, assimila os conceitos propostos e os incorpora em seu dia a dia, desenvolvendo um senso de organização social e econômica sustentáveis, o que só ocorre através do estudo e da aplicação prática”, explica Lisiane.

Convite

A Secretaria Municipal da Educação convida toda a comunidade ernestinense a conhecer os projetos desenvolvidos pelos estudantes do município. A mostra de trabalhos estará aberta a visitação das 13h30min às 20h de quinta-feira (30), no Salão da Comunidade Evangélica de Ernestina.

(Fabricio Carvalho – Assessoria de Imprensa da Prefeitura de Ernestina)

Compartilhe: