ERNESTINA – Iniciada a segunda etapa da pavimentação do Distrito Industrial

Nas últimas semanas, foi iniciada a segunda etapa da pavimentação poliédrica das vias internas do Distrito Industrial Egon Escher, de Ernestina. Os recursos para essa segunda etapa, R$ 465,7 mil, foram liberados pela Secretaria de Desenvolvimento e Promoção do Investimento (SDPI) do Estado. Neste segundo momento, serão pavimentados outros 360 metros de extensão das vias. Destes, 200 são da Rua Afonso Kaipper, 70 da Rua Lúcia Schneider e 90 da Rua Sirlei Baumgratz.

Na primeira etapa, outros 100 metros da Rua Afonso Kaipper receberam pavimentação, recursos de R$ 100 mil. No total, a administração municipal conquistou R$ 565,7 mil de recursos junto ao Governo do Estado, o que, somados a contrapartida municipal de R$ 133 mil, chegam a quase R$ 700 mil investidos em infraestrutura viária do Distrito Industrial, a fim de dar aos empresários locais melhores condições de trabalho e de desenvolvimento dos seus negócios.

Os investimentos do governo do Estado decorrem de uma política de incentivo a iniciativas municipais, afirma o secretário da SDPI, Mauro Knijnik. “Os convênios são resultado de uma política de governo, que criou o Programa de Apoio a Iniciativas Municipais, e reforçam o projeto de fortalecimento dos municípios como forma de desenvolver as diferentes regiões do Estado”. O prefeito de Ernestina, Odir João Boehm, relata que o desenvolvimento de projetos que apoiem os empreendedores locais e a busca por melhorias no Distrito Industrial mobilizam a equipe da administração municipal desde o início de 2013.

“Desde o dia em que a atual equipe assumiu a administração municipal, desenvolvemos projetos e buscamos executar melhorias no Distrito Industrial, inclusive com a regularização para que cada empresário receba a escritura do seu imóvel, o que facilitará a busca de recursos para o desenvolvimento das empresas”, relatou Boehm. A pavimentação das vias beneficia diretamente as 11 empresas instaladas no local e cerca de 80 colaboradores destas instituições privadas. A administração municipal desenvolve ações que contemplam desde micro e pequenas empresas (MPEs) até multinacionais. A recente implementação da Lei Geral das MPEs, o microcrédito e a parceria com a unidade móvel do SEBRAE/RS atingem diretamente os micro e pequenos empreendedores, e a busca de uma multinacional no ramo dos implementos agrícolas, que gerará dezenas de empregos e ampliará a arrecadação municipal, complementa a intenção da administração em promover o pleno desenvolvimento de Ernestina.

(Assessoria de Imprensa da Prefeitura de Ernestina)

Compartilhe: