ERNESTINA – Estudantes expõem projetos do Programa A União Faz a Vida

Desde o mês de agosto, estudantes da rede municipal de ensino de Ernestina expuseram os trabalhos desenvolvidos dentro do Programa A União Faz a Vida. Os trabalhos foram elaborados pelos estudantes com a supervisão de professores e demais profissionais dos educandários.

Em outubro, a Escola Educarte realizou sua mostra de trabalhos. As atividades partiram do tema central “Escola e sociedade construindo um futuro melhor”.

Dias antes, a Escola João Alfredo Sachser também apresentou as iniciativas desenvolvidas pelas crianças. Neste ano, o tema trabalhado na escola é “A escola do campo e as diferentes realidades”, ideal que norteou os trabalhos elaborados ao longo do ano. O objetivo é vincular questões relacionadas à realidade no campo no decorrer dos tempos, ligando diretamente com o saber próprio de cada estudante e com aquisição de novos conhecimentos.

Já a Escola Osvaldo Cruz promoveu sua mostra ainda em agosto, com atividades baseadas no tema “Na trilha do conhecimento através da leitura”. A EMEI Dr. Orlando Rojas apresentou seus trabalhos à comunidade escolar na terça-feira, dia 1º de novembro, com o tema “Reciclar é bom, mas reutilizar é melhor ainda”.

Além da comunidade escolar em geral, também acompanharam as exposições a secretária da Educação, Cultura, Desporto e Turismo, Ingrid Worst, a orientadora do Programa A União Faz a Vida, Lisiane Borges da Silva, o gerente da Unidade do Sicredi de Ernestina, André Kerber, a coordenadora do programa no município, professora Rubia Agostinho, lideranças políticas, diretoras, professores, funcionários das escolas e representantes de entidades.

Durante a participação na exposição da Escola Educarte, o prefeito de Ernestina, Nico, parabenizou os diretores, professores e estudantes pelas belas apresentações e projetos desenvolvidos. O chefe do Executivo ernestinense também relatou a importância do surgimento de novas lideranças no município, e que isso começa na escola. “Precisamos do desenvolvimento de novas lideranças. Desde que inauguramos esse novo prédio, que oferece um espaço e estrutura mais adequados, encontramos uma melhoria diferente toda vez que visitamos este espaço. E essa parceria entre a escola e a comunidade é muito importante”, comentou o prefeito.

Ainda de acordo com o prefeito Nico, parcerias como o Programa A União Faz a Vida acrescentam muito na formação dos estudantes. “Esse trabalho voltado a ciência e a descoberta são incríveis, a cada feira que visito me impressiono mais. A descoberta do que já está acontecendo e do que pode melhorar cada vez mais é algo que desperta interesse nos jovens, o que pode dar origem a futuras lideranças em Ernestina”, acrescenta o prefeito Nico.

O gerente da Unidade de Atendimento do Sicredi de Ernestina, André Kerber, também acompanhou a exposição na Escola Educarte. Segundo Kerber, “o Sicredi tem esse projeto social e não visa lucro através dele. Se conseguirmos cumprir nosso papel social de formar cidadãos responsáveis, já estamos alcançando nosso maior objetivo. Parabéns aos professores pelo trabalho e também ao prefeito pela parceria que desenvolvemos ao longo desses anos. E que possamos continuar”, reafirmou o gerente.

Após parabenizar os educadores e estudantes envolvidos, a secretária Ingrid enfatizou os benefícios do programa na formação das crianças. “Iniciativas como essa permitem abordagens mais amplas e complementam a grade curricular. A escola, nestes primeiros anos do ensino escolar, tem a função de preparar a criança para o mundo, formando cidadãos conscientes e responsáveis, contribuindo para futuros adultos que preservem o meio ambiente e que trabalhem unidos e pelo bem comum”, destacou.

(Fabricio Carvalho – Assessoria de Imprensa Prefeitura de Ernestina)

Compartilhe: