Ernestina decreta situação de emergência para a retirada dos pneus

Postado em 18 fevereiro 2016 11:01 por jeacontece
15.292.411/0001-75

Diante do grave problema ambiental encontrado em uma propriedade particular que abriga mais de 30 mil pneus a céu aberto na localidade de Esquina Penz, o município de Ernestina decretou Situação de Emergência. A medida foi tomada em virtude da iminência de uma epidemia de focos de mosquitos no local.

A partir do decreto, o Executivo autoriza a mobilização de todos os órgãos municipais para intensificar as ações de combate ao mosquito Aedes. O decreto também possibilita que a Prefeitura Municipal convoque voluntários para reforçar as ações de respostas ao iminente risco de proliferação de mosquito, e realize campanhas junto à comunidade com o objetivo de eliminar possíveis focos.

Na manhã desta quinta-feira (18), o prefeito de Ernestina, Odir João Boehm, terá uma audiência com o Governo do Estado, em Porto Alegre. A intenção do chefe do Executivo ernestinense é explanar aos líderes do governo gaúcho sobre a gravidade da situação do município, que não tem como carregar sozinho os mais de 30 mil pneus. “Vamos buscar o apoio do Estado para o carregamento dos pneus. O município não tem como dar conta sozinho de todos os pneus deste local, que vem sendo considerado um dos maiores depósitos irregulares de pneus do país”, declara o prefeito Boehm.

Além do apoio do Governo do Estado, a Prefeitura de Ernestina busca o auxílio de voluntários e de municípios da região. “Precisamos montar uma força tarefa muito grande para a retirada dos pneus, com várias equipes para que possamos escalonar o pessoal”, explica o prefeito. Conforme ele, neste primeiro momento, o trabalho voluntário tem sido fundamental para a execução do plano de trabalho. “A participação de voluntários é muito importante. É somente com o apoio de todos que conseguiremos resolver esse problema”, complementa o chefe do Executivo. A comissão que coordena as ações também busca o apoio de municípios da região com equipes para intensificar a retirada dos milhares de pneus.

Retirada começou nesta quarta (17)
A remoção dos pneus da propriedade, após a determinação judicial de execução da sentença existente desde 2012, iniciou na manhã desta quarta-feira. Após a via de acesso a propriedade receber melhorias a fim de facilitar a trafegabilidade dos caminhões, equipes da Prefeitura e voluntários começaram a carregar os pneus. A área passou, na tarde de terça-feira (16), por desinsetização, para eliminar os mosquitos e larvas existentes. Nesta quarta, um mutirão de mais de 30 pessoas carregam os pneus em três caminhões enviados pela empresa Reciclanip, contratada pela Prefeitura de Ernestina para o transporte e correta destinação do material. A empresa trabalha com projetos sustentáveis de reciclagem de pneus.

Conforme divulgado pela Reciclanip, todo material recolhido em Ernestina será encaminhado para trituração em duas unidades parceiras da Reciclanip, em Nova Santa Rita (RS) e Araucária (PR), e, depois, segue para uma destinação final ambientalmente correta, aprovada pelo Ibama.

Novas amostras de larvas são coletadas
Coordenam e acompanham as ações no local a Defesa Civil, a Prefeitura de Ernestina, o 3º Batalhão Ambiental da Brigada Militar e a 6ª Coordenadoria Regional de Saúde. Uma equipe de agentes também coleta ao longo do dia amostras de larvas para análise laboratorial. O caso é tratado como prioridade e o resultado será conhecido já nesta quinta-feira (18). Até o momento, quatro amostras foram positivadas para o mosquito Aedes albopictus, transmissor da febre chikungunya, entre todas as cerca de 300 amostras coletadas na manhã de sábado (13), durante vistoria ocorrida no Dia de Mobilização Nacional contra o Mosquito Aedes Aegypti – até o momento, nenhuma amostra deu positiva para o mosquito transmissor da dengue.

Prioridade de trabalho
Em turno único desde o começo de janeiro deste ano para contenção de gastos, o Executivo de Ernestina determinou a partir desta quarta-feira (17) a retomada do horário de expediente em dois turnos na Prefeitura Municipal, até que os pneus sejam removidos. O Centro Administrativo Municipal passa a atender das 08h às 11h30min e das 13h30min às 17h30min, a fim de intensificar os trabalhos na remoção dos pneus do local.

Para isso, a Prefeitura também determinou a solução do problema como prioridade. As secretarias de Obras, Agricultura e Serviços Urbanos estão com todos os funcionários orientados a trabalhar na área. A Secretaria da Saúde e Assistência Social adquiriu kits de segurança para a manipulação dos pneus e também está com uma equipe no local para a assistência aos trabalhadores, com a aplicação de bloqueador solar e repelente.

(Fabricio Carvalho – Assessoria de Imprensa da Prefeitura de Ernestina)

Postado em 18 fevereiro 2016 11:01 por jeacontece
15.292.411/0001-75

NOTÍCIAS RELACIONADAS


Desenvolvido com 💜 por Life is a Loop