Engenheiro responsável por projeto de reforma da Kiss depõe por quase 5 horas

Postado em 03 dezembro 2021 09:04 por jeacontece
15.292.411/0001-75

O terceiro depoente desta quinta-feira, 02, foi o Engenheiro Civil Miguel Ângelo Teixeira Pedroso, que em 2011, foi contratado por outro engenheiro para fazer análise na Kiss quanto à acústica. O engenheiro foi arrolado pelo MP como, testemunha de acusação.

Pedroso teve o depoimento adiantado, a pedido dele próprio nos autos, em razão da sua idade, o que foi acordado pelas partes. A inquirição durou quase 5 horas.

Miguel Ângelo afirmou que em visita a Kiss notou que uma das paredes da boate estava forrada de espuma de borracha, que é ineficaz como isolante. Ele sugeriu que se colocasse mais uma camada de alvenaria nas paredes, com uma camada de fibra de vidro entre as duas. Elissandro não teria concordado com essa proposta em relação à uma parede nos fundos da boate.

O Engenheiro teria cobrado R$ 8 mil pelo projeto. Ele não foi contratado para a execução, mas costumava conferir o andamento da obra, concluída no início de 2012. Ele lembra de o empresário sugerir a colocação de espuma. Segundo o engenheiro, em nenhum momento ele sugeriu ou recomendou uso de espuma na Kiss.

O depoimento se encerrou às 20h10min. Hoje ainda será ouvida a vítima Lucas Cauduro Peranzoni que era DJ da boate Kiss na data do incêndio.

Rádio Uirapuru

Postado em 03 dezembro 2021 09:04 por jeacontece
15.292.411/0001-75

NOTÍCIAS RELACIONADAS


TAPERA TEMPO

Desenvolvido com 💜 por Life is a Loop