Encontrada evidência de que a Lua se formou após colisão da Terra

Cientistas dizem finalmente ter descoberto evidências de que existiu um planeta Theia e que ele, ao se chocar com a Terra, deu origem à Lua há cerca de 4,5 bilhões de anos.
Ao estudar, com uma técnica nova, rochas lunares trazidas 40 anos atrás pela missão Apollo, cientistas alemães perceberam que há uma pequena diferença química entre elas e as terrestres.

“Desenvolvemos uma técnica que garante a separação perfeita” de isótopos de oxigênio de outros gases remanescentes, afirmou à Reuters Daniel Herwartz, da Universidade de Colônia. “As diferenças são pequenas e difíceis de detectar, mas estão lá.”

O estudo indica que a Lua é composta de aproximadamente 50% Terra e 50% Theia, mas é preciso continuar as pesquisas para conseguir confirmações.

(Olhar Digital)

Compartilhe: