Dnit RS propõe duplicação da BR-386 entre Lajeado e Carazinho

Há pouco mais de trinta dias, o Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (Dnit) no Rio Grande do Sul encaminhou uma proposta de licitação que pretende duplicar aproximadamente 170 quilômetros da BR-386, entre Carazinho e Lajeado. Neste trecho está compreendido o do acidente desta segunda-feira, que matou sete pessoas.

Caberá aos técnicos do departamento, em Brasília, construir o edital que vai contratar a empresa que executará o estudo de viabilidade técnica. Este levantamento apontará a demanda, necessidade de viadutos, localização da nova pista, entre outros aspectos. Inclusive, o estudo já faz a projeção do crescimento da frota e indica quando a duplicação deve começar a ser feita. Após esse levantamento, pode ser contratada a empresa que desenvolverá o projeto de duplicação da rodovia.

Segundo a jornalista Sabrina Thomazi, atualmente, o Departamento Autônomo de Estradas de Rodagem (Daer), que tem a concessão da rodovia pedagiada, não entende necessária a duplicação porque a quantidade de veículos que utiliza a rodovia é de seis mil veículos/dia, quando o necessário seria ter dez mil veículos/dia usando o trecho.

A BR-386 é uma das rodovias mais importantes do Rio Grande do Sul. Por isso, e pela cobrança da comunidade, é que o Dnit encaminhou esse estudo de viabilidade. Parlamentares gaúchos poderão auxiliar na concretização da obra destinando emenda da União para o projeto.

Clicrbs

Compartilhe: