Dilma tenta definir nome do ministro do Trabalho

A pedido do ex-presidente Lula, a presidente Dilma Rousseff tentava fechar ontem, antes do Dia do Trabalho, o nome do novo ministro do Trabalho e um projeto isentando de Imposto de Renda os pagamentos a título de participação nos lucros.

A informação está em reportagem de Valdo Cruz, Natuza Nery e Sheila D’Amorim, publicada na Folha deste sábado (a íntegra está disponível para assinantes do jornal e do UOL, empresa controlada pelo Grupo Folha, que edita a Folha).

Lula e Dilma trataram dos dois temas no almoço que tiveram na última quarta, no Palácio da Alvorada. Eles avaliaram que seria negativo para o governo passar o Primeiro de Maio com um ministro interino.

Um dos cotados para assumir o ministério é o deputado Brizola Neto (PDT-RJ), preferido da presidente, mas seu nome esbarra na resistência de pedetistas.

A pasta é comandada interinamente por Paulo Roberto Santos Pinto desde de dezembro do ano passado, quando Lupi deixou o cargo em meio a denúncias de irregularidades.

Folha SP

Compartilhe: