Dilma oficializa nomeação de Brizola Neto como novo ministro do Trabalho

A Presidência da República oficializou nesta quarta-feira (2) a nomeação do deputado federal Brizola Neto (PDT-RJ) como o novo ministro do Trabalho. O decreto foi publicado no “Diário Oficial da União”.

O anúncio foi feito na véspera do Dia do Trabalho, 1º de maio. A posse deve ocorrer nesta quinta-feira (3).

Nesta terça (1º), o novo ministro disse que sua primeira tarefa será buscar o consenso no PDT, rachado na indicação. “[Minha primeira tarefa] Será buscar reafirmar a unidade do partido e o apoio ao governo da presidente Dilma Rousseff”, afirmou, durante evento em comemoração ao Dia do Trabalho em São Paulo. Ele minimizou ainda as insatisfações do partido. “Em qualquer partido é normal que haja escolhas e preferências pessoais”, avaliou.

O nome, que era o preferido da presidente Dilma Rousseff para o cargo, foi definido após reunião de Dilma com o presidente do PDT, Carlos Lupi (PDT-RJ), que comandou a pasta por mais de quatro anos e deixou o cargo em dezembro do ano passado, após uma série de denúncias de corrupção na pasta. Desde então, o secretário-executivo da pasta Paulo Roberto Pinto estava interinamente no comando do ministério.

Em nota, a presidente Dilma “manifestou confiança” de que Brizola Neto “prestará grande contribuição ao país”.

“A presidenta agradeceu a importante colaboração do ex-ministro Carlos Lupi, que esteve à frente do Ministério no primeiro ano de seu governo, e do ministro interino Paulo Roberto dos Santos Pinto na consolidação das conquistas obtidas pelos trabalhadores brasileiros nos últimos anos”, diz a nota.

G1

Compartilhe: