Diálogo Espírita – SAÚDE MENTAL

A área profissional da psiquiatria e da psicologia muito tem ajudado as pessoas no equilíbrio de seu estado mental.

E o que cada um de nós pode fazer para ter uma boa saúde mental?

Tendo consciência que o estado de harmonia é fundamental para termos uma saúde mental equilibrada é necessário desenvolver os valores que nos dão segurança, equilíbrio e confiança.

Para estabelecer a segurança em si próprio é necessário se afastar de tudo que provoca conflito, indignação, aborrecimento, mágoa, ressentimento e ódio.

Este afastamento não é pelo distanciamento físico, mas pelo processo de evolução moral dentro de si mesmo.

Coloca-se num prato da balança o orgulho que está em 80% e a humildade em 20%, provocando um desequilíbrio na balança pelo peso maior do orgulho que é o fator dos desentendimentos e aborrecimentos.

Afasta-se paulatinamente do orgulho e adquire aos poucos mais humildade chegando ao equilíbrio de 50% para cada um.

Já é um estado bastante vantajoso onde surge o bom-senso, o diálogo, a paciência e a compreensão, harmonizando os relacionamentos.

Num futuro distante, depois de muitas reencarnações chegaremos a 100% de humildade e 0% de orgulho.

Conclusão: quanto mais humildade e menos orgulho, mais saúde mental, resultando no fortalecimento do sistema imunológico e na realidade transferindo-se a saúde mental para a saúde do corpo físico.

O filósofo romano Juvenal da antiguidade já ditava: Mente Sã, Corpo São.

(Sociedade Espírita Raios de Luz de Tapera)

Compartilhe: