Dezembro Laranja: verão exige ainda mais cuidados com a pele

Postado em 06 dezembro 2021 10:03 por jeacontece
15.292.411/0001-75

Campanha deste ano reforça, além da prevenção contra o câncer de pele, os cuidados com a covid-19

O verão se aproxima. No próximo dia 21 de dezembro inicia a estação mais quente do ano. E a estimativa é que neste verão, espaços abertos voltem a ser ocupados com mais intensidade. Nesse sentido, a exposição ao sol também deverá ser maior. Pensando em todo este cenário, o tema da campanha Dezembro Laranja da Sociedade Brasileira de Dermatologia (SBD) deste ano é “Adicione mais fator de proteção ao seu verão”, ressaltando tanto a conscientização em relação à prevenção do câncer de pele, com práticas de fotoproteção, quanto os cuidados com o coronavírus: álcool gel, máscaras e distanciamento.

O câncer da pele é o tipo de câncer mais comum no Brasil, com cerca de 180 mil novos casos ao ano (Inca). Corresponde a cerca de 30% de todos os tumores malignos registrados no país. Os três principais tipos de câncer de pele são: o carcinoma basocelular e o carcinoma escamoso (mais comuns e menos agressivos) e o melanoma (mais agressivo).

Melanoma
O melanoma é o tipo mais grave, devido à possibilidade de metástase (disseminação para outros órgãos). Pode aparecer em qualquer parte do corpo, na pele ou mucosas, na forma de manchas, pintas ou sinais. São quase 2 mil mortes por ano no Brasil em decorrência do melanoma, sendo a região Sul e Sudeste com os maiores índices: 1,4 mil mortes.

Diagnóstico precoce aumenta as chances de cura
O diagnóstico precoce é essencial e aumenta as chances de cura. “Fique atento aos sinais. Pessoas de pele clara, com história pessoal ou familiar deste câncer ou com doenças cutâneas prévias estão entre as mais vulneráveis a este câncer. Pintas com bordas irregulares e mais escuras, que coçam, ardem, descamam ou sangram, bem como feridas que não cicatrizam em até quatro semanas são sinais importantes. Procure um dermatologista”, indica o oncologista do Centro de Tratamento do Câncer (CTCAN), Dr. Alex Seidel.

Cultive hábitos de fotoproteção
Os cuidados com a pele devem ser redobrados, especialmente no verão, quando a exposição prolongada ao sol é maior. “Filtro solar, boné, chapéu, óculos de sol, camisa e calça são algumas formas de prevenção. Além disso, as pessoas devem evitar exposição prolongada ao sol entre 10h e 16h”, alerta o oncologista.

Regras do ABCDE auxiliam na identificação do melanoma
A = Assimetria: lesões assimétricas são suspeitas, enquanto lesões simétricas são mais provavelmente benignas.
B = Bordo: bordos irregulares, geográficos são sempre suspeitos, ao contrário dos bordos regulares.
C = Cor: uma cor homogênea é mais provavelmente benigna e quando há variação desde castanho claro até preto-azulado deve ser avaliado por seu médico.
D = Diâmetro: lesões maiores que cinco milímetros são sempre suspeitas.
E = Evolução: qualquer modificação (crescimento, sangramento, descamação ou prurido) em um nevus (lesões escuras) deve ser analisada pelo médico dermatologista.

Jornalista Natália Fávero – Assessoria de Imprensa CTCAN

Postado em 06 dezembro 2021 10:03 por jeacontece
15.292.411/0001-75

NOTÍCIAS RELACIONADAS


TAPERA TEMPO

Desenvolvido com 💜 por Life is a Loop