CRUZ ALTA – Mobilização contra a dengue envolve entidades

Uma verdadeira batalha está sendo preparada para combater os focos do mosquito Aedes Aegypti em todo o país, em Cruz Alta a ação em conjunta entre diversas entidades teve o primeiro encontro na manha desta quinta-feira, 04. Município, Estado e Exército Brasileiro estão engajados no combate do mosquito transmissor da dengue. A mobilização em nível nacional está marcada para o próximo dia 13 de fevereiro.

Nesta data está prevista o “Dia Nacional de Esclarecimento” quando militares do exército e profissionais da saúde vão para as ruas levar informações à população de como eliminar possíveis focos do mosquito. Tendo em vista o último levantamento de infestação do Aedes Aegypti em Cruz Alta que mostrou um acréscimo no índice de 1,4 para 3,9, o nível de preocupação também aumento. “É último estágio de alerta para entrarmos em alto risco de infestação”, avisa a enfermeira Carla Ravazi, coordenadora da Vigilância em Saúde.

Grande parte da causa desse aumento são as intensas chuvas que ocorreram no final do mês de dezembro e o calor do mês de janeiro, fatores que proporcionam que os ovos eclodam dando início ao novo ciclo de infestação. Além disso, acontece o descuido da população deixando reservatórios de água parada em suas residências. Segundo o Prefeito Juliano da Silva o município está engajado nesta campanha que visa a conscientização da população quanto a gravidade do problema. “Cada morador deve fazer a sua parte, cuidar para que em suas casas não acumule água e se torne um foco do mosquito. A Prefeitura está fazendo sua parte colocando os profissionais a disposição da campanha para orientar e informar as pessoas sobre os cuidados que cada um deve ter para vencer o mosquito da dengue” salienta o Prefeito.

Um novo encontro no dia 10 de fevereiro envolvendo entidades e integrantes da imprensa cruz-altense será realizado para ampliar a força de divulgação das ações. O objetivo é alcançar o maior número possível de residências.

Compartilhe: