CRUZ ALTA – Caldeirão Cultural na Matriz movimento cenário cultural de Cruz Alta

Livros, dança, música, poesia e alegria foram os elementos chave do 1º Caldeirão Cultural da Matriz, que reuniu centenas de pessoas na Praça Erico Verissimo, no domingo dia 06 de novembro. O caldeirão é promovido por um grupo de pessoas envolvidas com a arte e cultura em Cruz Alta, de forma independente, cuja ideiaé fazer com que o mesmo se torne permanente, fazendo da praça um espaço de convergência para as diversas artes na cidade.

“Ficamos muito felizes com a resposta do publico, que atendeu ao nosso chamado e veio participar desta primeira edição. Com isso, reforçamos a premissa de que juntos somos mais fortes, pois esta é, também, uma forma de unir todas aquelas pessoas envolvidas com a arte e cultura em nossa cidade, todos com o mesmo objetivo”, diz Henrique Madeira, um dos organizadores do evento.

Na avaliação do artista Kléber Lorenzoni, do Grupo Teatral Máschara, o caldeirão provou que é possível fazer qualquer coisa quando todos se unem por um ideal. “Cruz Alta precisa de muitos outros eventos assim. Precisa dos artistas nas ruas, para sacudir e fazer as pessoas perceberem que, sim, temos bons artistas em várias áreas”, destaca.

Loreci Hintz, proprietária do Ponto do Livro, também fez uma avaliação positiva do 1º Caldeirão. “Foi um evento nota 10 do qual o Ponto do Livro teve o privilégio de participar. Parabéns aos organizadores que foram impecáveis na condução do evento. Que venham muitos Caldeirões”.

O caldeirão cultural da matriz contou com o apoio de entidades como: Ponto do Livro, Academia Cruz-altense de Letras, Grupo Teatral Máschara, Coletivo Ouvido Médio e Projeto Adoção responsável. Outras entidades que queiram participar das próximas edições, podem entrar em contato com os organizadores pelo Facebook do Caldeirão.

Compartilhe: