CRUZ ALTA – 26 ANOS, 26 MOTIVOS – #4: Qualidade do Ensino

Faltam 37 dias para o Vestibular de Verão da Unicruz

Em 26 anos de promoção regional do Conhecimento, a Universidade de Cruz Alta vive um momento de ascensão na qualidade de ensino.  O reconhecimento nacional dos cursos de graduação da Unicruz tem sido construído através de uma proposta interdisciplinar de ensino, além da relação de diálogo entre um corpo docente em constante qualificação, Pró-Reitoria de Graduação e também pela participação ativa dos acadêmicos nessa construção, através de instrumentos de avaliação disponíveis e envolvimento em atividades de Pesquisa e Extensão.

Os resultados são visíveis e comprovam a evolução do ensino da Unicruz. Em 2014, o Ministério da Educação (MEC) renovou o conhecimento de três cursos de graduação da universidade. Os cursos de Direito, Educação Física e Letras receberam conceito 4, em uma avaliação que vai até 5. A Comissão de Avaliação do MEC observou como critérios a estrutura didático-pedagógica, a qualidade dos professores e a infraestrutura dos cursos.

A Unicruz também foi reconhecida pelo Guia do Estudante, uma das principais publicações da Editora Abril, com 25 anos de circulação e que traz informações sobre profissões universitárias, dicas sobre vestibular e universidades. São mais de 13 mil cursos de 900 universidades brasileiras avaliados pelo Guia, cuja edição de 2014 já está nas bancas. Em setembro, dez cursos de graduação da Unicruz foram indicados no ranking de melhores do Brasil: Administração, Agronomia, Biomedicina, Ciências Contábeis, Direito, Educação Física, Enfermagem, Fisioterapia (três estrelas) e Pedagogia (quatro estrelas).

Na edição do Vestibular de Verão 2015, a Unicruz dá mais dois passos rumo à excelência e sintonia com a comunidade regional. No final de agosto, o Conselho Universitário aprovou dois novos cursos de graduação, Ciências Aeronáuticas e Engenharia Civil, que estarão entre as 18 opções oferecidas este ano. O objetivo é oferecer qualificação para atender às demandas da região do Alto Jacuí em áreas de franco crescimento, contribuindo para o crescimento do interior do Rio Grande do Sul.

(Núcleo Integrado de Comunicação da Unicruz)

Compartilhe: