CRUZ ALTA – 26 ANOS, 26 MOTIVOS – #11: Importância para o Alto Jacuí

Faltam 30 dias para o Vestibular de Verão da Unicruz

A vocação para o saber, principal virtude da Universidade de Cruz Alta, não se atém na sala de aula. A própria missão que a Unicruz carrega evidencia o compromisso institucional com a socialização do conhecimento qualificado. Essa preocupação se manifesta quando o assunto é a região Alto Jacuí. A Unicruz é um importante agente do Conselho Regional de Desenvolvimento (Corede) Alto Jacuí, que abrange 14 municípios e mais de 162 mil habitantes. Através de projetos e eventos, são criados espaços para discussões e ações voltadas para o crescimento da região. Exemplos de sucesso são o Fórum de Sustentabilidade promovido anualmente pela Instituição e o Núcleo de Extensão Produtiva e Inovação (Nepi), criado no ano passado em parceria com a Agência Gaúcha de Desenvolvimento e Promoção do Investimento (AGDI) para fortalecer o cenário industrial do Alto Jacuí. O Núcleo já contribuiu para a otimização do trabalho e da produção de mais de 100 micros e pequenas empresas.

A história também comprova o vínculo entre a Unicruz e o Alto Jacuí. Em 1992, a Instituição assinou o Protocolo de Intenções junto à Secretaria Estadual da Ciência, Inovação e Desenvolvimento Tecnológico (Scit/RS), e no ano seguinte instalou o Polo Regional de Inovação Tecnológica (Inovtec) – na época, denominado como Polo de Modernização Tecnológica do Alto Jacuí. Assim, há mais de duas décadas, a Universidade de Cruz Alta é a principal executora de atividades de pesquisa do Polo, principalmente nas áreas de biotecnologia aplicada à agropecuária, principal setor econômico do Alto Jacuí. Todas essas responsabilidades fazem da Unicruz um elo entre a ciência e o desenvolvimento regional.

(Núcleo Integrado de Comunicação da Unicruz)

Compartilhe: