Criança de 12 anos viaja de carona de Marau a Soledade para denunciar abuso sexual de padrasto

Postado em 18 abril 2017 09:04 por jeacontece
15.292.411/0001-75

Em depoimento, criança disse que fato acontecia desde os seus 7 anos

Uma criança de 12 anos viajou de Marau a Soledade, nesta segunda-feira, 17/04, pedindo carona, para denunciar abuso sexual contra ela.

Em depoimento à Polícia Civil de Soledade, a jovem veio “fugida” de sua família por não conseguir apoio para o registro da ocorrência e no município reside uma madrinha, que a aconselhou a vir até Soledade.

A menina contou que sua mãe sabia do fato e não a apoiou a denunciar. O caso teria se iniciado aos 7 anos e quem a teria abusado dela seria seu padrasto.

O Conselho Tutelar de Soledade atendeu de prontidão a criança. Em contato com a família, a mãe queria buscar a filha para levá-la de volta a Marau, sem fazer registros. O pedido foi negado pelo CTS.

A criança veio a Soledade e conseguiu avisar sua madrinha que estava na cidade. O fato foi registrado na Delegacia de Polícia de Pronto Atendimento e deverá ser encaminhado para a Polícia Civil de Marau.

Segundo informações preliminares, a mãe seria de Barros Cassal, o padrasto de Espumoso e a família já teria morado em Soledade, residindo hoje em Marau.

A tutela da criança ficará com a madrinha até a resolução do caso. A partir da agora, ela deverá ser encaminhada para exames para constatar a veracidade de seu depoimento.

(Via Rádio Cristal)

Postado em 18 abril 2017 09:04 por jeacontece
15.292.411/0001-75

NOTÍCIAS RELACIONADAS


TAPERA TEMPO

Desenvolvido com 💜 por Life is a Loop